Médico fala dos riscos de brincadeira ‘quebra-crânios’ que faz sucesso na internet

Neurologista explica as chances de lesões cerebrais com a brincadeira que derruba pessoas

REDES SOCIAIS
Médico fala dos riscos de brincadeira ‘quebra-crânios’ que faz sucesso na internet

A vítima do desafio 'quebra-crânios' pode morrer, por causa da pancada na cabeça - Foto: Reprodução/Internet

Uma brincadeira que vem circulando pelas redes sociais consiste em três pessoas lado a lado e as duas da ponta pulam e esperam que a do meio pule, para, em seguida, dar uma rasteira para que ela caia. O problema são os riscos da brincadeira "quebra-crânios "de um acidente, como explica o neurologista Igor Bruscky.

“Pode ter consequências graves: um trauma craniano, a pessoa cai e bate com a cabeça no chão, pode perder a consciência, lesão cerebral. Essa lesão pode ser transitória, por exemplo, uma que desmaia e depois de um tempo recobra a consciência ou pode ser mesmo permanente, quando a pessoa tem uma lesão grave dos neurônios cerebrais e fica em coma. E pode ter lesão que necessita de tratamento cirúrgico.”

Confira a entrevista completa:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.