LUTO

Aos 83 anos, Zé do Caixão morre vítima de uma broncopneumonia


O cineasta José Mojica Maricas, conhecido como Zé do Caixão, era considerado um dos mestres do terror mundial

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 19/02/2020 às 18:30
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

Famosos pelas unhas gigantes e os filmes de terror, faleceu nesta quarta-feira (19) o cineasta José Mojica Marins, o Zé do Caixão. O artista estava internado no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, com uma broncopneumonia.

O cineasta tinha 83 anos e era considerado um dos mestres do terror mundial.

Zé do Caixão

Mojica Marins criou "Zé do Caixão", personagem que o batizou popularmente, em 1963, após ser atormentado por um pesadelo no qual um vulto o arrastava até seu próprio túmulo.

Zé do Caixão era um agente funcionário sádico que aterrorizava uma pequena cidade, e tinha o desejo de ser pai de uma criança perfeita. Para isso, precisava encontrar uma mulher tão perfeita quanto — e estava disposto a matar quem cruzasse o seu caminho.


Mais Lidas