Ceará

Bolsonaro autoriza envio das Forças Armadas para o Ceará


A autorização foi concedida após o senador licenciado Cid Gomes ter sido baleado em confronto com policiais

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Publicado em 20/02/2020 às 21:45
Valter Campanato/Agência Brasil
FOTO: Valter Campanato/Agência Brasil
Leitura:

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (20) um decreto que autoriza o emprego das Forças Armadas no Ceará. O pedido foi realizado pelo governador Camilo Santana, após a paralisação dos policiais militares.

O decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União com validade até 28 de fevereiro.

Na última quinta (19), o senador licenciado Cid Gomes, do Ceará, foi atingido por disparos de arma de fogo ao tentar furar um bloqueio feito por policiais grevistas no 3º Batalhão da Polícia Militar de Sobral, a 275 quilômetros de Fortaleza. Depois de passar por uma cirurgia de emergência na cidade, o senador foi transferido para a capital e está fora de perigo.

O governador Camilo Santana agradeceu através das redes sociais, a autorização dada pelo presidente da República. “Todo o esforço será feito para garantir a proteção dos nossos irmãos e irmãs cearenses. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro pelo apoio do Governo Federal neste momento", publicou Santana.


Mais Lidas