Operação da Polícia Civil faz buscas em sedes da Jovem e Inferno Coral

Investigação tem ligação com caso do ataque de torcedores em briga no aniversário do Santa Cruz, no início do mês

TORCIDAS ORGANIZADAS
Operação da Polícia Civil faz buscas em sedes da Jovem e Inferno Coral

Operação da Polícia Civil investiga torcidas organizadas - Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta sexta-feira (21) a operação Abre Alas com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão nas sedes e em lojas das extintas torcidas organizadas Jovem e Inferno Coral.

O delegado Joel Venâncio, gestor da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), explica a operação. 

“São quatro mandados de busca e apreensão, três já foram cumpridos e tem uma equipe que está em campo ainda, porque o material é bem vasto. Basicamente, o objetivo dessa diligência é apreender objetos que são utilizados como armas e que já foram utilizados em infrações penais e poderiam vir a ser utilizados novamente, identificar os membros dessas torcidas organizadas através do cadastro deles de cartões, identificar movimentação financeira. A gente precisa de todas as informações porque estamos trabalhando no sentido de identificar particularmente nesse caso do ataque a torcedores do Santa Cruz praticados por membros da Torcida Jovem ocorrido no dia 3 de fevereiro”. afirmou.

Confira a reportagem de Juliana Oliveira:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.