Taça da Copa do Nordeste tem Jornal do Commercio como destino inicial

O Sistema Jornal do Commercio de Comunicação foi o ponto de partida para a volta da Taça na capital pernambucana

COPA DO NORDESTE
Taça da Copa do Nordeste tem Jornal do Commercio como destino inicial

Orelhuda da Copa do Nordeste no estúdio da Rádio Jornal - Foto: JC IMAGEM

Túlio Feitosa | Twitter: @tuliofeitosa

A orelhuda mais desejada do Nordeste brasileiro está fazendo uma visita em terras pernambucanas. A Taça da Copa do Nordeste 2020, que está passando por todas as cidades sedes do torneio regional, enfim chegou no Recife e já teve o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação como destino inicial, nesta segunda-feira (02).

O troféu foi exibido nas programações do Sistema até o turno da tarde, quando partiu para a Federação Pernambucana de Futebol (FPF). Já nesta terça-feira, a orelhuda irá passar pela sede do Náutico das 13h30 às 15h30 e, em seguida, partirá para a sede do Santa Cruz das 16h às 18h.

A taça ficará em exibição no Recife até o sábado, dia 7, quando ela estará a partir das 14h em exibição para as torcidas rubro-negra e tricolor, na Ilha do Retiro. A orelhuda estará presente no estádio do Sport durante o Clássico Das Multidões, válido pela 6ª rodada da Copa do Nordeste 2020.A cidade do Recife é o último destino do Tour da Taça de 2020, que já passou por Imperatriz-MA, Teresina-PI, Fortaleza-CE, Aracaju-SE, Maceió-AL, João Pessoa-PB e Natal-RN.

 

“O tour da taça da Copa do Nordeste 2020 é uma importante ação promocional do torneio, mas principalmente uma boa oportunidade para o torcedor ficar perto de um objeto tão desejado pelos clubes nordestinos”, exaltou Vladimir Melo, diretor comercial do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação.

A taça

Nove arcos, que simbolizam os estados da Região Nordeste, formam o desenho da Orelhuda. Ela é feita com aço fundido e banhada a ouro. O troféu tem 49 centímetros de altura e pesa 20 quilos.

Times pernambucanos

A Taça da Copa do Nordeste já passou por vários formatos diferentes. No desenho atual, apenas o Santa Cruz guarda uma em sua sala de troféus. O Sport tem uma semelhante, mas com sete arcos, já que o Piauí e Maranhão não participavam do torneio. O Leão da Ilha ainda tem outras duas taças do Nordestão na sua sede.Em 2020, o Náutico vai atrás da sua primeira conquista no torneio, enquanto o Tricolor busca o bicampeonato e o Sport em busca do tetra, para se igualar ao Vitória-BA como maior campeão da Copa do Nordeste.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.