Ônibus da Metropolitana não saem da garagem em protesto de rodoviários

Em assembleia, funcionários da empresa de ônibus decidiram não rodar na manhã desta quinta-feira no Recife

ASSEMBLEIA
Ônibus da Metropolitana não saem da garagem em protesto de rodoviários

Rodoviários da Metropolitana em assembleia no Recife - Foto: Bruno Campos/TV Jornal

Cerca de 400 funcionários, entre cobradores e motoristas e fiscais do transporte público, estão em frente à garagem da empresa Metropolitana que fica em Jardim Uchôa, Areias, na Zona Oeste do Recife, na manhã desta quinta-feira (5).

Cerca de 350 coletivos estão parados. São linhas que atendem no Recife e Jaboatão dos Guararapes. O presidente do Sindicato dos Rodoviários, explica a situação.

"São assembleias setoriais, assembleias por garagens, para que a gente possa discutir com os trabalhadores, como pauta principal, se eles aceitam ou não, se tem acordo ou não. Em relação à dupla função, ao acúmulo de função também, vamos discutir o início da campanha salarial, começar a fazer a construção da nossa pauta nessa garagem."

Confira a reportagem de Lílian Fonsêca no local:

Ônibus voltam a circular

Os primeiros ônibus começaram a sair da garagem da Metropolitana por volta das 8h20. Após paralisação nas primeiras horas da manhã para realização de uma assembleia, os rodoviários aprovaram, por unanimidade, o repúdio a dupla função, onde os motoristas tem que assumir a função de cobrador também. Os rodoviários votaram também um prazo estabelecendo que até o dia 17 de março, as empresas voltem com as funções dos cobradores. Caso esse prazo não seja cumprido, o Sindicato dos Rodoviários diz que no dia 18 deste mês haverá uma paralisação geral. Se nada for resolvido, novas assembleias serão realizadas. Ainda de acordo com o sindicato, se a situação continuar, eles vão parar por tempo indeterminado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.