HISTÓRIA

Hasteamento da bandeira de Pernambuco marca dia da Data Magna


A Data Magna presta uma homenagem à Revolução Pernambucana de 1817

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 06/03/2020 às 11:38
Wellington Lima/ JC Imagem
FOTO: Wellington Lima/ JC Imagem
Leitura:

O hasteamento da bandeira de Pernambuco no Palácio do Governo e a colocação de coroa de flores no monumento aos revolucionários, na Praça da República, marcaram a comemoração do dia da Data Magna, nesta sexta-feira, 6 de março

Após a cerimônia, o governador Paulo Câmara falou da importância da celebração da data. “São mais de 200 anos da revolução de 1817. Comemorar datas como o 6 de março reafirma valores importantes que tanto pernambucanos deram a vida como liberdade, justiça, democracia e uma busca de diminuir desigualdades”, disse.

Data Magna

O dia da Data Magna presta uma homenagem à Revolução Pernambucana de 1817, quando o Estado se rebelou contra a monarquia portuguesa e criou uma república independente do resto do país. A revolução pernambucana é tida como o primeiro movimento pela Independência do Brasil, que aconteceu cinco anos depois.

Feriado

A data magna de Pernambuco foi estabelecida pela lei estadual nº 13.386, de 24 de dezembro de 2007, projeto de autoria da então deputada Terezinha Nunes. Em 2009, o Governo de Pernambuco aprovou outra lei, alterando a Data Magna do estado para o primeiro domingo de março.

Já em 2017, visando prestar uma homenagem ao bicentenário da Revolução Pernambucana, o Governo de Pernambuco aprovou uma nova lei, alterando novamente a Data Magna do Estado para 6 de março e instituindo a data como um feriado civil.


Mais Lidas