TARIFA

Usuários do metrô do Recife reclamam de mais um aumento na passagem


No último sábado (7), entrou em vigor o último aumento programado pela CBTU no valor das tarifas, que passou de R$ 3,70 para R$ 4

Publicado em 09/03/2020 às 10:24
Leo Motta / JC Imagem
FOTO: Leo Motta / JC Imagem
Leitura:

Nesta segunda-feira (9), os usuários do metrô do Recife tiveram o primeiro dia útil com as passagens mais caras. O aumento escalonado do modal entrou em vigor neste sábado (7), quando o valor saltou de R$ 3,70 para R$ 4. Esse foi o sexto reajuste programado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Apesar dos recorrentes aumentos, que foram autorizados pela Justiça Federal em 2019, os usuários têm reclamado da insegurança e degradação das estações.

Veronice utiliza duas passagens diariamente e alegou que não observa melhorias no serviço para justificar mais um aumento. "Horrível. Péssimo. A gente tem que enfrentar uma fila imensa, esperar um tempão na parada e o preço só faz aumentar sem melhorar nada para a população. Sempre chego atrasada porque o metrô não passa no horário certo, além da sensação de insegurança que a gente tem", disse.

Aumento

O aumento escalonado começou em maio de 2019, quando a passagem custava R$1,60 e passou para R$ 2,10. O segundo reajuste aconteceu em julho, quando o valor foi para R$ 2,60. Em setembro, o bilhete chegou a R$3. Já em novembro, o valor passou a ser de R$3,40. Em janeiro, chegou a R$ 3,70. Por fim, o sexto e último reajuste deixou o valor da tarifa em R$ 4. O reajuste gradativo da tarifa foi autorizado pela juíza Maria Edna Fagundes Veloso, titular da 15ª Vara Federal Cível.


Mais Lidas