VIOLÊNCIA

Polícia investiga morte de mulher encontrada dentro de uma geladeira no Recife


O corpo da mulher foi encontrado pelo filho nessa segunda-feira (9), no bairro de Água Fria

Publicado em 10/03/2020 às 14:00
CÍRIO GOMES/JC IMAGEM
FOTO: CÍRIO GOMES/JC IMAGEM
Leitura:

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher encontrada dentro de uma geladeira sem uso no bairro de Água Fria, Zona Norte do Recife. O corpo da cozinheira Patrícia Trindade de Araújo, de 40 anos, foi encontrado no quintal da casa onde ela morava com o marido e dois filhos. De acordo com parentes, a mulher foi morta na madrugada da última segunda-feira (9) após ter passado a noite na companhia do marido. A mulher foi enterrada na manhã desta terça-feira (10), no cemitério de Santo Amaro, Área Central do Recife. A cozinheira deixou cinco filhos.

Entenda

"Eu acredito que ela foi morta de madrugada. No domingo ele foi lá, os dois estavam bebendo. Ele já tinha batido nela em outras vezes. Não posso afirmar uma coisa que não sei, mas pelo laudo a gente vai saber se foi ele ou não. O corpo foi encontrado pelo filho dela. Ontem era o aniversário dele, eu ia fazer um bolinho pra gente comemorar. Quando ele chegou da escola, encontrou a mãe dentro da geladeira cheia de água", disse a madrinha da criança, que preferiu não se identificar.

Relacionamento conturbado

Segundo os moradores do Córrego Deodato, Patrícia Trindade de Araújo mantinha um relacionamento conturbado com o marido há quase 15 anos. A mulher era constantemente maltratada pelo companheiro, que de acordo com os amigos, já chegou até atear fogo nela.

Um homem, que preferiu não ser identificado, conhecia o casal. Ele afirma que Patrícia chegou a ser espancada várias vezes no local de trabalho. "Ele dava muito nela. Já teve a casa pegando fogo, os documentos tudo queimado. Ele é um psicopata. Tá querendo dá uma de bonzinho agora, mas ele é um psicopata", relatou.

O marido da vítima e vendedor de CD’s, Reinaldo Bezerra, foi ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. No local, ele confessou que discutia com a mulher, mas negou as agressões e disse que não sabia que a cozinheira estava morta na geladeira. "Passamos a noite todinha bebendo. Eu fui dormir, quando me acordei, o filho dela estava chamando por mim dizendo que a mãe dele estava na geladeira. Eu e ela tivemos algumas discussões, mas já faz muitos anos. Dessa vez não teve briga não. Fui dormir e ela continuou assistindo televisão. De manhã, a gente já encontrou ela morta dentro da geladeira".

Nota da Polícia Civil

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte de uma jovem, 40 anos. A vítima foi encontrada, já sem vida, na manhã desta segunda (09), em sua residência, no bairro de Água Fria, Recife. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal para que seja estabelecido a causa da morte. O caso será investigado pela Delegacia de Água Fria, delegado Francisco Lucegenes.


Mais Lidas