VIOLÊNCIA

Preso suspeito de participar de agressão contra adolescente antes de Sport e Santa


O adolescente foi brutalmente espancado por um grupo de torcedores do Santa Cruz e perdeu seis dentes

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/03/2020 às 14:35
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

A polícia prendeu um homem suspeito de espancar um adolescente de 16 anos antes do jogo do Sport contra o Santa Cruz, no sábado (7).

A polícia chegou ao principal suspeito após imagens divulgadas nas redes sociais e também depois de ouvir testemunhas do caso. O rapaz de 26 anos aparece nas imagens usando uma bermuda laranja. Ele é ex-cabo da Aeronáutica e, segundo a polícia, é integrante da torcida organizada Inferno Coral.

A prisão dele foi decretada nesta quarta-feira (11), no Hospital Getúlio Vargas, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, enquanto ele esperava para realizar uma cirurgia. “Nós obtivemos a informação de que ele teria sofrido um acidente no próprio jogo, uma fratura exposta no braço e teria sido socorrido para uma unidade hospitalar. Realizamos diligências no [Hospital] Getúlio Vargas e após a localização dele demos a voz de prisão. Ele hoje está custodiado”, detalhou o delegado Diego Acioli. “Não há risco de fuga”, completou.

O suspeito ainda não foi interrogado e será ouvido no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa após receber alta médica. Ele responderá por tentativa de homicídio, associação criminosa e rixa.

Ainda de acordo com o delegado, a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão na casa dos pais do suspeito no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, e encontrou a bermuda que ele estaria usando no dia do crime.

O homem foi identificado pela vítima. “Devido a sua condição de fala, mas, ao ser mostrado o vídeo e a fotografia, ele acenou positivamente como sendo esse indivíduo um dos agressores”, afirmou o delegado.

Segundo a polícia, as investigações estão só começando e outros agressores devem ser presos.

Agressão

O adolescente de 16 anos havia desembarcado no Terminal da Joana Bezerra e, ao descer o viaduto da Avenida Agamenon Magalhães, viu integrantes da torcida organizada Inferno Coral.

O garoto tentou fugir em direção ao Hospital Português, mas foi alcançado, teve a camisa do Sport arrancada do corpo e foi agredido com chutes, a maioria na cabeça. Um vídeo mostrando as agressões viralizou na internet, gravado pelos agressores. Em outro, as imagens mostram o garoto sendo socorrido em uma cadeira de rodas. Foram os ferimentos no corpo, ele perdeu seis dentes.


Mais Lidas