Coronavírus

Desenhista Daniel Azulay morre vítima de coronavírus


O artista plástico lutava contra a leucemia e contraiu covid-19

Com informações da Agência Brasil
Com informações da Agência Brasil
Publicado em 27/03/2020 às 22:56
Divulgação/Facebook
FOTO: Divulgação/Facebook
Leitura:

Morreu na tarde desta sexta-feira (27), no Rio de Janeiro, o desenhista, pintor e cartunista Daniel Azulay, aos 72 anos. O artista plástico lutava contra a leucemia e contraiu coronavírus, que acabou agravando o quadro do paciente.

Nascido no Rio de Janeiro em 30 de maio de 1947, Daniel Azulay era desenhista autodidata, formou-se em Direito pela Universidade Cândido Mendes em 1969. Nessa época começou a publicar suas primeiras histórias em quadrinhos e cartuns em revistas e jornais.

Com trabalho relevante na educação e entretenimento para o público infantil,criou a "Turma do Lambe-Lambe", grupo de personagens infantis que cresceu em linguagem de quadrinhos e ganhou formato televisivo durante dez anos consecutivos, sendo apresentada nas redes de televisão, Bandeirantes e Educativa. Daniel Azulay também foi criador da oficina de desenho.

O falecimento de Daniel Azulay foi confirmado na página oficial do artista no Facebook

Revista em quadrinhos

De 1982 até 1984 foi publicada a revista da Turma do Lambe Lambe pela Editora Abril, que teve 20 edições. Em 2015, Ediouro lançou o Almanaque da Turma do Lambe-Lambe, em comemoração aos 40 anos da franquia.

Azulay influenciou a geração dos anos 80, que aprendeu com ele a desenhar, construir brinquedos com sucata doméstica e a importância da reciclagem e sustentabilidade em defesa do meio ambiente. Recentemente, viajava pelo mundo expondo, fazendo palestras e conduzindo workshops de arte, educação e responsabilidade social.


Mais Lidas