tristeza

Após morte por mal súbito, Frei Tito é enterrado no Recife


O enterro foi privado para familiares e sacerdotes  

Robert Sarmento
Robert Sarmento
Publicado em 29/03/2020 às 18:21
Ashley Melo/Acervo JC Imagem
FOTO: Ashley Melo/Acervo JC Imagem
Leitura:

Em um velório reservado para familiares e sacerdotes mais próximos, o Frei Tito Figueroa de Medeiros foi enterrado no cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife, neste domingo (29). O último adeus ao religioso, vítima de um mal súbito, aos 79 anos, foi marcado por tristeza. O pernambucano fazia parte da Congregação dos Frades Carmelitas.

Mário Oliveira/TV Jornal
Frei Tito foi enterrado em Santo Amaro, no Recife - FOTO:Mário Oliveira/TV Jornal
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito
Sem Crédito
Sem Legenda - FOTO:Sem Crédito

Além de destaque na congregação, Frei Tito era antropólogo, pesquisador, escritor e professor da Universidade Federal de Pernambuco. Ele estava fazendo o isolamento social na casa de amigos, na praia de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, quando faleceu.

Sobre o religioso

Frei Tito era doutor em Ciências Humanas e Antropologia pelo Museu Nacional, com pós-doutorado pela Universidade de Brasília (UNB), e membro do GT de Patrimônio da ABA, além do Conselho Setorial do Patrimônio Imaterial da Fundarpe.


Mais Lidas