COVID-19

Sobe para 8 o número de mortes confirmadas pelo novo coronavírus em PE


De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), o número de casos confirmados subiu para 95

Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Pernambuco chegou a oito mortes causadas pelo novo coronavírus. Além das mortes, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou nesta quarta-feira (1°) mais oito casos da covid-19, totalizando 95 pessoas que tiveram diagnóstico de coronavírus no Estado. Os dois novos óbitos da doença tratam-se de dois homens, de 64 e 81 anos, residentes de Recife e Olinda, respectivamente. Ambos faleceram em unidades públicas de saúde.

Primeiro óbito em Olinda

O paciente de 81 anos, de Olinda, foi socorrido no final da manhã do dia 25 de março pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Metropolitano do Recife e levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ele chegou ao local com dificuldade para respirar e quadro de desorientação, além de relato de febre e tosse nos últimos dias. O idoso, que tinha mal de Parkinson, foi atendido de imediato, realizou exames e foi entubado. O paciente teve uma parada cardiorrespiratória na UPA e, apesar dos esforços da equipe médica, veio a óbito. Uma equipe do Cievs-PE foi acionada para fazer a coleta do material para análise, que positivou para Covid-19.

Mais um óbito no Recife

O paciente de 64 anos, do Recife, tinha histórico de diabetes e hipertensão, além de ter passado por um transplante renal há 10 anos. Apresentou quadro de tosse, desconforto respiratório e cefaléia, sendo admitido no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc) no dia 21 de março. No dia 24 do mesmo mês, foi transferido para a UTI, onde foi mantido entubado, realizando diálise e uso de antibiótico. O idoso veio a óbito na terça-feira (31).

De acordo com o boletim epidemiológico desta quarta, dos 8 novos casos confirmados, 4 são do sexo masculino, com idades entre 45 e 74 anos; e 4 do sexo feminino, na faixa etária entre 28 e 87 anos. Dos pacientes, 7 são residentes do Recife e 1 de Aliança. No momento, 23 pacientes estão internados, sendo 14 em UTI/ UCI e 9 em leitos de isolamento. Outros 50 estão em isolamento domiciliar e 14 já se recuperaram da Covid-19, entre eles, uma idosa de 97 anos.

Casos espalhados pelo estado

Até agora, os 95 casos confirmados estão distribuídos por 12 municípios (Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina, Ipubi, Goiana e Aliança), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Sintomas do coronavírus

Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Os principais são sintomas conhecidos até o momento são:

  • Febre
  • Tosse
  • Dificuldade para respirar

Transmissão do vírus

As investigações sobre as formas de transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por gotículas respiratórias ou contato, está ocorrendo.

Qualquer pessoa que tenha contato próximo (cerca de 1m) com alguém com sintomas respiratórios está em risco de ser exposta à infecção.

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

  • Gotículas de saliva
  • Espirro
  • Tosse
  • Catarro
  • Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão
  • Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos

Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe.

O período médio de incubação por coronavírus é de 5 dias, com intervalos que chegam a 12 dias, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

Prevenção

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes
  • Ficar em casa quando estiver doente
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência

Tratamento

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus humano. No caso do coronavírus é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso, como, por exemplo:

  • Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos)
  • Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garanta e tosse

Mais Lidas