Mulher é hospitalizada após ser atacada por porco no Sertão de Pernambuco

Vítima, uma dona de casa que está grávida, teve braços e pernas mordidos pelo animal; dois filhos da mulher também ficaram feridos

SUSTO
Mulher é hospitalizada após ser atacada por porco no Sertão de Pernambuco

Porco atacou mulher e dois filhos dela em fazenda de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco - Foto: Pixabay

Uma dona de casa de 27 anos foi hospitalizada após ser atacada por um porco que mordeu pernas e braços dela. O caso aconteceu na Fazenda Olho D’Água, no distrito de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco.

Cleidiane de Souza está internada no Hospital Universitário de Petrolina, também no Sertão. Ela mora no distrito de Sacolândia, zona rural petrolinense, mas foi passar uns dias na fazenda do sogro, em Lagoa Grande. Durante a visita, dois filhos de Cleidiane, um menino de um ano e uma menina de três foram atacados por um porco da propriedade.

Quando a dona de casa foi tentar salvar as crianças, o animal se voltou contra ela e passou a morder os braços e pernas dela. As pessoas que estavam no local conseguiram espantar o porco, mas as vítimas precisaram de atendimento médico.

Leia também: Porco persegue e tenta morder repórter ao vivo na Grécia

Saiba como criar um porco como bicho de estimação

Os filhos de Cleidiane foram levados para o Hospital de Lagoa Grande, onde foram atendidos e medicados e liberados.

Já a mãe teve ferimentos mais graves e precisou ser transferida para o Hospital Universitário de Petrolina. 

Amanda Pereira, prima de Cleidiane, informou à reportagem da Rádio Jornal de Petrolina que a dona de casa já era para ter recebido alta do hospital, mas teve uma pequena complicação e, por isso, ainda está em observação. O estado de saúde da paciente não foi informado. 

Cleidiane tem quatro filhos e está grávida do quinto, mas segundo a família dela, o bebê não foi prejudicado. 

Ouça a reportagem de Marco Aurélio:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.