GESTAÇÃO

Grupo tira dúvidas de gestantes sobre coronavírus

Gestantes de alto risco e puérperas foram incluídas no grupo de risco do novo coronavírus

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/04/2020 às 16:44
Pixabay / Reprodução
FOTO: Pixabay / Reprodução
Leitura:

No sábado (4), de acordo com o boletim epidemiológico diário do coronavírus do Ministério da Saúde, gestantes de alto risco e puérperas, período de até 60 dias após o parto, passaram a fazer parte do grupo de risco do novo coronavírus (covid-19). O grupo Fale com a Parteira tira dúvidas das mulheres neste período.

Com relação aos exames do pré-natal, a orientação é fazê-los. Mas no caso das ultrassons, só devem ser realizadas a do primeiro trimestre, a da translucência nucal, a morfológica, e a do último trimestre.

Ver esta publicação no Instagram

Assunto sério! Sem pânico, mas muita cautela e cuidado precisam ser adotados para um controle mais eficaz da transmissão do #CORONAVÍRUS . . #FiqueEmCasa PROTEJA A GESTANTE E SE PROTEJA! . Alerta RISCOS NA GESTAÇÃO E PUERPÉRIO . A partir de 04.04.2020, de acordo com o Boletim Epidemiológico Diário do Coronavírus do Ministério da Saúde, GESTANTES DE ALTO RISCO e PUÉRPERAS entram para o Grupo de Risco para COVID-19 (Link nos comentários, copie e cole). . Gestante de alto risco (diabética, hipertensa, dentre outras condições de risco gestacional) e puérperas (mulheres no período até 42 dias após o parto) aparecem nos gráficos citados como grupo de risco por possuir indicativos de possibilidade para complicações por COVID-19. . Se faz necessário adotar medidas rigorosas de cuidados e prevenção: . Isolamento físico, distanciamento social; Abolir visitas após o nascimento do bebê; Cuidados com a higiene e uso de máscaras para saídas indispensáveis; Esforço para controle de comorbidades e agravos de saúde. Entre outros. . Fonte: Boletim epidemiológico diário coronavírus -semana 14. 04.04.2020- Ministério da Saúde. #falecomaparteira

Uma publicação partilhada por Fale com a Parteira (@falecomaparteira) a

A enfermeira obstétrica Camilla Jordão, que é integrante do grupo Fale com a Parteira, projeto de apoio às grávidas, tira as dúvidas sobre o coronavírus. Confira a entrevista completa:

Morte de grávida

No domingo (5), Pernambuco registrou a primeira morte de uma grávida em decorrência do novo coronavírus. O bebê sobreviveu e está internado.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.
  • Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada:

Mais Lidas