Alerta

“Ninguém pode usar a cloroquina para prevenção do coronavírus”, diz médico


Oftalmologista também explicou os riscos que o medicamento pode causar à visão de pacientes que fazem uso contínuo dele

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 09/04/2020 às 11:04
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Em entrevista ao Passando a Limpo desta quinta-feira (9), o médico oftalmologista Paulo Tasso reforçou o perigo de usar a cloroquina sem estar infectado com o novo coronavírus.

“Você não pode comprar a cloroquina como se fosse uma prevenção para o coronavírus, Só usa a cloroquina se a pessoa estiver em estado grave. Ninguém vai tomar essa medicação para não ter o coronavírus. Não tem nada a ver. Nada de comprar a medicação sem orientação médica. Não funciona, só piora.", defende o médico.

Leia também: Zé Lezin deixa humor de lado e diz que "misturaram saúde pública com política" na pandemia do coronavírus

Em pronunciamento, Bolsonaro afirma que Brasil vai receber matéria-prima para hidroxicloroquina

Tasso também falou dos riscos e efeitos colaterais para a visão causados pela cloroquina em pacientes que fazem o uso contínuo da medicação para tratamentos de outras doenças.

Ouça a entrevista na íntegra:


Mais Lidas