ALERTA

Por conta do coronavírus, doação de órgãos caiu 40% em março em PE

Diante do cenário atual, a Central de Transplantes de Pernambuco reforça a importância da doação de órgãos

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 15/04/2020 às 15:31
 Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil
FOTO: Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil
Leitura:

O avanço do coronavírus em Pernambuco também está afetando a doação de órgãos no estado. A Central de Transplantes registrou uma redução de 40% no número de órgãos recebidos só no mês de março de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. No ano passado, foram 15 e este ano apenas nove. Uma queda que, segundo os especialistas, está diretamente ligada à covid-19.

A coordenadora da Central de Transplantes de Pernambuco, Noemi Gomes, explica a relação. “Pessoas que falecem com o diagnóstico da covid-19 ou com suspeita não podem ser doadoras. Essa é uma recomendação do Ministério da Saúde. O segundo ponto é que nós também tivemos redução no número de pessoas que evoluem com a morte encefálica (...) Uma das principais causas da morte cerebral são os traumatismos cranianos provocados por acidentes, como de moto e carro. Com o isolamento, nós tivemos uma diminuição nos acidentes e diretamente está relacionado a quantidade de pessoas que chegam no hospital em estado grave por trauma”, detalhou.

Segundo Noemi Gomes, o índice de negativa familiar para doações aumentou em 24% no mesmo período. “Essas famílias não estão podendo ficar no hospital para diminuir o risco de contaminação e os contatos que eram feitos de forma presencial estão sendo feitos por telefone. O que, de certa forma, dificulta”, contou.

Lita de espera

Atualmente, em Pernambuco, 1.523 pessoas estão na lista de espera para realizarem transplantes: 1.166 pacientes aguardam um rim; 171 córnea; 129 fígado; 24 medula óssea; 19 pessoas aguaram um rim com pâncreas; e 14 pessoas um coração.

A coordenadora faz um apelo. “Nosso apelo maior é para aqueles que estão na fila para receber um fígado e um coração porque eles não têm uma outra alternativa que não seja o transplante”, apontou.

O telefone da Central de Transplantes de Pernambuco é o 3412-0205.

Mais Lidas