CRÍTICA

"O presidente não bate bem da cabeça”, diz Cristovam Buarque sobre Bolsonaro em manifestação


Segundo o ex-senador, o discurso dúbio do presidente representa uma estratégia para se garantir no segundo turno das eleições de 2022

Publicado em 20/04/2020 às 10:08
Felipe Ribeiro/ JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/ JC Imagem
Leitura:

A participação do presidente Jair Bolsonaro em uma manifestação pró-intervenção militar no domingo (19), mesmo diante da pandemia do coronavírus e a recomendação de isolamento social pela Organização Mundial de Saúde (OMS), gerou diversas críticas de figuras importantes do cenário político nacional. Em entrevista à Rádio Jornal nesta segunda-feira (20), o ex-senador Cristovam Buarque criticou o discurso dúbio e a ação extremamente eleitoreira do presidente, que já pensa nas eleições de 2022.

>> Apesar de decreto estadual, manifestantes se aglomeram em ato pró-Bolsonaro na BR-232

"O presidente não bate bem da cabeça. Tem gente que diz que ele é um grande estrategista e que tudo isso é coisa de um estadista. A única estratégia de estadista dele é segurar os 20% para chegar ao segundo turno das eleições em 2022. Essa turminha dele está pouco se lixando para o Brasil. Como presidente, fincar toda a estratégia pensando em chegar no segundo turno das eleições é coisa de quem não bate bem da cabeça. Tudo que ele faz não parece ser do interesse da presidência. É o interesse do candidato da próxima eleição", reprovou Cristovam Buarque.

Ouça a entrevista de Cristovam Buarque na íntegra:


Mais Lidas