CORONAVÍRUS

SES diz que isolamento social evitou que casos da covid-19 em PE duplicassem a cada 3 dias


Mesmo com o esforço para garantir o isolamento social adequado, Pernambuco totaliza 450 mortes e 5.358 casos confirmados da covid-19

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 28/04/2020 às 6:58
Diego Vara
FOTO: Diego Vara
Leitura:

Na coletiva de imprensa desta segunda-feira (28) para detalhar a situação de Pernambuco no combate ao coronavírus (covid-19) os secretários de Saúde do Estado e do Recife voltaram a defender o isolamento social como a melhor estratégia para minimizar o avanço da doença. Segundo o secretário estadual de Saúde, André Longo, os primeiros 20 dias de maio serão duríssimos para Pernambuco caso não haja o respeito ao distanciamento social.

Segundo o secretário estadual de Saúde, os casos poderiam duplicar a cada três dias. “Era o que chamava de progressão exponencial dos casos. Se não está duplicando a cada três dias é por conta do esforço de isolamento social que nós temos praticado. Ele está duplicando a cada cinco, seis, sete dias. Ele poderia estar duplicando a cada dez dias se nós estivéssemos exercendo o isolamento social mais adequado”, apontou André Longo.

André Longo, secretário estadual de Saúde, afirma que as aglomerações nas agências bancárias representam uma grande ameaça. “A gente entende que há uma necessidade de ir aos bancos, mas os bancos não têm ajudado. A Caixa tem desejado muito a desejar na organização. Algumas pessoas também não têm seguido regras básicas nesse processo (...) Nós poderemos atingir o pico de casos e de óbitos ainda no mês de maio. Os primeiros 15 e 20 dias de maio tendem a ser duríssimos para Pernambuco se a gente não ampliar esse distanciamento social”, alertou o secretário.

Números do Estado

De acordo com o boletim epidemiológico, Pernambuco tem 5.358 casos confirmados. Destes, 3.688 são considerados graves, com 850 internados, 190 infectados seguem internados em leitos de UTI distribuídos nas redes pública e particular. Ao todo, 450 mortes foram provocadas pela covid-19, enquanto 704 pacientes estão curados. Submetidos a testagem, 1.855 profissionais de saúde tiveram diagnóstico positivo para a doença.

O coronavírus circula em 110 municípios pernambucanos além do Arquipélago de Fernando de Noronha. No recorte territorial, Recife lidera seguido por Jaboatão, Olinda, Paulista, Cabo, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

A central de regulação contabilizava até esta segunda-feira (27) uma ocupação de 91% dos leitos de casos de síndrome respiratória aguda grave. Quanto às unidades de terapia intensiva (UTIs), o percentual chega a 96%.

Agora pela manhã, a Prefeitura do Recife detalha uma ação de combate à covid-19 em parceria com o Porto Digital. Jailson Correia, secretário municipal de Saúde, afirma que os números a curto prazo dependem da atitude correta: ficar em casa. “Depende da nossa atitude de hoje o que vai acontecer daqui a 15 dias, por isso que a gente insiste na necessidade de intensificarmos o isolamento”, disse.


Mais Lidas