ISOLAMENTO

Se as pessoas não se conscientizarem, não tem medida que dê certo, diz procuradora sobre quarentena


Quarentena começa dia 16 de maio e endurece medidas de isolamento em 5 cidades de Pernambuco para frear avanço do coronavírus

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 12/05/2020 às 17:00
Felipe Ribeiro/JC Imagem
FOTO: Felipe Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

A partir do próximo dia 16 de maio, cinco cidades da Região Metropolitana do Recife entratão em quarentena para reduzir o avanço do novo coronavírus. A procuradora-chefe da Procuradoria de Apoio Jurídico-Legislativo ao Governador, da Procuradoria Geral do Estado, Rosana Campos, afirma que as medidas definidas pelo Governo de Pernambuco serão insuficientes caso a população se conscientize.

“Se as pessoas não se conscientizarem que precisam se resguardar para salvar suas vidas e a das outras pessoas, não tem medida que dê certo”, apontou a procuradora Rosana Campos.

Segundo a procuradora, para garantir o cumprimento da quarentena, as ações dos agentes municipais serão intensificadas assim como as campanhas de conscientização.

Rodízio de veículos

A procuradora lembra que o rodízio de veículos vai endurecer a circulação de pessoas e que os motoristas só serão autorizados a sair, mesmo no dia previsto de acordo com a placa, para cumprir serviços essenciais. “O decreto mantém em funcionamento as atividades que já eram consideradas essenciais e estavam liberadas e faz uma restrição maior à circulação de pessoas. Mesmo nos dias que eles podem circular, só podem circular para aquelas atividades consideradas essenciais”, disse.

Ela explicou que os veículos de transporte por aplicativo só poderão circular dentro do modelo estabelecido pelo rodízio – placas pares em dias pares e placas ímpares em dias ímpares. Segundo a procuradora, essa medida facilita a fiscalização, já que esses carros não têm caracterização.

No caso de trabalhadores que moram nas cidades que terão o rodízio de veículo, mas trabalham em outras cidades que não terão, eles precisarão cumprir a medida e só sair com o veículo no dia permitido.


Mais Lidas