Casamento em Salvador é alvo de protesto por causa da pandemia do coronavírus

Vizinhos de igreja onde a cerimônia foi realizada gritavam o número de mortos por covid-19 no Brasil; veja vídeo

PROTESTO
Casamento em Salvador é alvo de protesto por causa da pandemia do coronavírus

Noivos foram recebidos com vaias e gritos de protestos na porta de igreja em Salvador - Foto: Reprodução/Twitter

Um homem e uma mulher que haviam acabado de se casar em uma igreja em Salvador, Bahia, foram recebidos com gritos e vaias de pessoas vizinhas ao local da cerimônia. O motivo era a falta de equipamentos de proteção individual, como máscaras, dos noivos em meio à pandemia do novo coronavírus. O caso aconteceu no sábado, paróquia Corredor da Vitória, no largo da Vitória, área nobre da capital baiana.

Sob gritos de "vergonha" e "irresponsáveis", os noivos saíram rapidamente da igreja após o protesto. Em uma das vaias, uma pessoa gritou que havia mais de 20 mil mortes por covid-19 no Brasil. Convidados da cerimônia religiosa não estariam usando máscaras.

De acordo com publicação do UOL. a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo de Salvador informou que as celebrações não estão proibidas nas igrejas da cidade, desde que respeitem a quantidade máxima de até 50 pessoas e as medidas de distanciamento, além de que casamentos não são eventos que dependem de licença para ocorrer.

Ainda segundo o órgão, não houve irregularidade no caso, porém, a falta das máscaras contrariou determinações municipais e também das organizações de saúde.

A igreja onde ocorreu o casamento receberá uma ação fiscal, uma espécie de alerta, para que fique ciente da necessidade de usar máscaras em possíveis novos eventos. Já a paróquia respondeu que os noivos foram informados sobre a necessidade do uso de máscaras, do limite de pessoas e sobre o distanciamento social necessário, mas que o acordado não foi cumprido pelos participantes.

Confira vídeos do momento do protesto:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.