Famílias relatam dificuldades para encontrar leitos de UTI para pacientes com coronavírus em PE

Segundo a SES, Pernambuco conta com mais de 600 leitos de UTI

SAÚDE
Famílias relatam dificuldades para encontrar leitos de UTI para pacientes com coronavírus em PE

Família reclama de falta de informações sobre o estado de saúde da paciente - Foto: Bobby Fabisak/ JC Imagem

A espera por um leito de UTI é uma realidade amarga diante da pandemia do coronavírus. A angústia de ter familiares que contraíram a doença na forma mais grave é ainda mais dolorosa com a falta de atendimento necessário.

A dona de casa Jaqueline Oliveira é uma delas. A mãe dela deu entrada na UPA da Cidade Tabajara, em Olinda, na semana passada. A idosa de 67 anos está com sintomas do novo coronavírus, teve falta de ar e precisou ser levada para a ala vermelha. Porém, mesmo com o agravamento do quadro, ainda espera a transferência para um leito de UTI.  

Secretaria responde 

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Pernambuco tem hoje 614 leitos de UTI, 232 vagas estão ocupadas por pacientes com a covid-19, mas a ocupação já é de 97% porque os cuidados de terapia intensiva também são necessários para pessoas com outras doenças.

Ainda segundo a secretaria, a transferência para um leito de UTI obedece critérios dinâmicos de entrada e saída dos pacientes, com o objetivo de fazer isso em menos tempo.

Os familiares dos pacientes questionam a burocracia e dizem que o processo para conseguir um leito traz incerteza e angústia.

É o que diz o advogado Múcio Fernandes. O pai dele de 77 anos deu entrada na UPA da Caxangá na terça-feira passada. O idoso apresentava sintomas da covid-19 mas só conseguiu transferência para o leito de UTI no hospital de referência em Boa Viagem quatro dias depois. Segundo Múcio, o pai permanece internado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.