Penitenciária em Petrolina tem mais de 90 presos com coronavírus

Segundo a Secretaria de Saúde de Petrolina, a cidade tem 815 casos do novo coronavírus

SAúDE
Penitenciária em Petrolina tem mais de 90 presos com coronavírus

Petrolina tem 815 casos do novo coronavírus - Foto: Reprodução/ Google Street View

A Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, registrou 92 casos de reeducandos infectados pelo novo coronavírus, segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Em um vídeo que foi divulgado nas redes sociais, é possível ver os presos deitados em colchonetes no corredor da penitenciária. Os homens estariam contaminados com o coronavírus. No entanto, segundo o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a informação não procede. “Divulgaram um vídeo que no momento o Brasil está vivendo essa estabilidade de fake news ou escândalo gratuito com um áudio de que os presos estariam no chão. Isso não procede”, garantiu.

O secretário explica as medidas que foram adotadas para atender os presos com a Covid-19. “Nós isolamos um pavilhão dentro da unidade, cuidamos de fazer a testagem. A prefeitura, inclusive, foi presente, quando forneceu parte dos testes, outra parte o Estado viabilizou as testagens. Estão confirmados 92 presos com a Covid-19, dos quais 14 já retornaram para o pavilhão porque já passou a quarentena, não tem ninguém correndo risco grave no momento para transferência e se houver necessidade é evidente que vamos transferir para as unidades hospitalares”, detalhou.

De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco, a Penitenciária Doutor Edvaldo Gomes tem capacidade para 830 reeducandos, mas hoje tem 1.214 presos. No boletim atualizado da Secretaria de Saúde de Petrolina, a cidade tem 815 casos do novo coronavírus.

Respiradores

No último sábado (27), Petrolina recebeu seis caminhões carregados com 50 respiradores, 50 monitores multiparamétricos, 31 camas hospitalares, 40 concentradores de oxigênio e 108 mil itens de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) enviados pelo Governo de Pernambuco, dentro dos esforços para ampliar a rede de assistência aos pacientes com a Covid-19 no Sertão do São Francisco.

Do total, 40 respiradores, 40 monitores e 45 mil unidades de EPIs foram enviados para o Hospital Universitário da Univasf. Além disso, outros 10 respiradores, 31 camas hospitalares, 10 monitores, 63 mil unidades de EPIs e os concentradores de oxigênio vão reforçar a estrutura da UPAE Petrolina. Os equipamentos irão possibilitar a abertura de novas vagas de UTI na cidade.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.