catolicismo

Em 324 anos, será a 1ª vez que a Festa de Nossa Senhora do Carmo não terá procissão


Festa de Nossa Senhora do Carmo, padroeira do Recife, sofreu alterações por conta da pandemia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 30/06/2020 às 9:42
Isa Maria/ TV Jornal
FOTO: Isa Maria/ TV Jornal
Leitura:

Há 324 anos, o Recife celebra a sua padroeira, Nossa Senhora do Carmo. Por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, em 2020 será a primeira vez que não haverá procissão. As celebrações eucarísticas, realizadas na Basílica do Carmo, no bairro de Santo Antônio, na área central do Recife, tem início dia 6 de julho e sofreu diversas adaptações.

A imagem peregrina de Nossa Senhora do Carmo vai ficar exposta em um altar na entrada da igreja no dia 16, data comemorativa da santa.

O tema da festa deste ano é “Senhora do Carmo, saúde dos enfermos”. O lema é “Oh! Mãe, cuida deste povo que é teu! Pede à Mãe do Carmelo que cuide de todos os infectados pela covid-19”.

Um número do WhatsApp vai ser disponibilizado para que os fiéis que quiserem participar da abertura, novenário, véspera solene e encerramento, possam fazer o seu cadastro. O número do whatsapp é o (81) 99723-9140. A medida é necessária para controle da paróquia, como explicou o reitor da Basílica do Carmo, Frei Rosenildo Alexandre.

Para as demais missas, a entrada irá ocorrer por ordem de chegada. O acesso dos devotos vai ser restritamente acompanhado, como explica o Frei Rosenildo.

Outras alterações também fazem parte do processo, como o número de celebrações que passou de 100 para 55 e de pessoas no local que foi reduzido a 25.

Cultura

A programação cultural da Festa de Nossa Senhora do Carmo também sofreu mudanças. Os shows, que antes aconteciam no Pátio do Carmo, passam a ser realizados por lives em horários específicos.

Mesmo com todas essas modificações devido à pandemia, Frei Rosenildo fala em esperanças e confiança.

As missas e solenidades vão ser transmitidas pelo Facebook e Youtube da TV do Carmelo e Instagram da Basílica do Carmo Recife.


Mais Lidas