Feira da Sulanca tem fiscalização reforçada após quarentena em Caruaru

Caruaru e Bezerros ficaram durante dez dias em isolamento mais rígido devido aos altos números de coronavírus

CONTROLE
Feira da Sulanca tem fiscalização reforçada após quarentena em Caruaru

Movimentação na Feira da Sulanca nesta segunda-feira (6) - Foto: Renata Araujo/TV Jornal Interior

Nesta segunda-feira (6), a Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, tem fiscalização reforçada. No entanto, o número de comerciantes também é grande. Eles alegam que precisam trabalhar e que precisam do dinheiro das vendas para se sustentar.

O major Gibson, chefe da sessão de operações do 1º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), destacou que mesmo após o isolamento rígido, a fiscalização continuará forte, especialmente a Feira da Sulanca. “As nossas ações vão se refletir na realização da Feira da Sulanca. O Parque 18 de Maio está sendo bem policiado”, garantiu.

Fim da Operação Quarentena 

A Operação Quarentena, que determina um período de isolamento mais rígido, terminou, nesta segunda-feira (6), nas cidades de Caruaru e Bezerros, no Agreste do Estado. Com o fim dos dez dias, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) foi identificado uma redução no número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars), que é a forma grande da Covid-19, nas duas cidades.

Por conta da redução, além do funcionamento dos serviços essenciais, da construção civil com capacidade de 50% e do segmento industrial, o comércio atacadista, com exceção dos que estão localizados no entorno do Parque 18 de Maio, onde fica a Feira da Sulanca, também foi liberado para retomar as atividades nas duas cidades.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.