PANDEMIA

Ilha de Itamaracá prorroga lockdown para evitar avanço do coronavírus


Em junho, a Ilha de Itamaracá registrou apenas um óbito por coronavírus

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/07/2020 às 10:13
Wellington Lima / TV Jornal
FOTO: Wellington Lima / TV Jornal
Leitura:

A Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, vai prolongar por mais 30 dias o lockdown no município. A ilha já está em isolamento mais rígido desde o dia 27 de maio e a prefeitura decidiu adotar a medida para evitar a propagação do novo coronavírus entre a população.

De acordo com o secretário de Comunicação e Imprensa de Itamaracá, James Paiva, a Ilha de Itamaracá registrou apenas um óbito por covid-19 em junho, sendo o único município da Região Metropolitana do Recife a registrar o baixo número. “O relatório do Ministério Público de Pernambuco nos coloca como um dos melhores no ranking de isolamento social dentre os 185 municípios do estado. O decreto 019/2020, assinado pelo prefeito Mosar Tato, determina a prorrogação das restrições de acesso de pessoas e veículos ao território da Ilha de Itamaracá”, comentou.

Barreiras sanitárias

De acordo com a Prefeitura da Ilha de Itamaracá, ficam mantidos, assim, os bloqueios terrestre e marítimo, em especial o do Posto do BPRv, após a Ponte Getúlio Vargas, nos períodos do dia e da noite.

Na barreira sanitária, a Guarda Municipal tem dado suporte aos servidores das Secretarias de Saúde e Políticas Sociais, na fiscalização e orientação aos condutores de veículos. “Além da fiscalização, também estamos fazendo a desinfecção em ônibus e kombis do transporte regular de passageiros”, destacou o secretário.

De acordo com James Paiva, toda e qualquer flexibilização só pode ser decidida com a participação da população local. O secretário pede para que os moradores colaborem. “Temos a certeza de que esse momento vai passar. Precisamos que todos fiquem em casa”, disse.


Mais Lidas