Investigações

Prefeito de Paulista, Junior Matuto, é afastado do cargo por 170 dias


O vice-prefeito da cidade, Jorge Carrero, assumiu o cargo e promete trocar toda a gestão

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/07/2020 às 17:03
Divulgação
FOTO: Divulgação
Leitura:

O vice-prefeito do Paulista, Jorge Carrero, assumiu a gestão da cidade oficialmente nesta terça-feira, que fica no Grande Recife. Isso aconteceu depois que o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), expediu uma medida cautelar que determinou o afastamento do atual prefeito da cidade, Junior Matuto (PSB). O pedido aconteceu devido a um inquérito policial em tramitação no 2º Grau da Justiça estadual, onde um dos investigados é Júnior Matuto. O tempo do afastamento, inicialmente, será de 170 dias.

Em entrevista ao Blog de Jamildo, Jorge Carrero afirmou que "Vai assumir a Prefeitura e agir de maneira correta". Carrero e Matuto estão rompidos politicamente desde o início da gestão do atual prefeito.

Nesta terça-feira (21) a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE) enviou ao presidente da Câmara Municipal de Paulista, Fábio Barros (PDT) uma notificação. No documento foi comunicado a decisão do TJPE pelo afastamento do atual prefeito. A declaração foi encaminhada pelo desembargador Alexandre Guedes Alcoforado Assunção.

Por meio de nota, o TJPE informou que a ação corre em segredo de Justiça. "O relator é o desembargador Claudio Jean Virgínio que, esse mês, está de férias, sendo substituído pelo desembargador Alexandre Assunção", diz trecho da nota.

Operações

O atual prefeito de Paulista, Junior Matuto, é alvo de duas operações, chamadas de “Chorume” e “Locatário”. Ambas foram deflagradas nesta terça-feira (21) pela Polícia Civil de Pernambuco.

A Locatário é uma operação abrangente que investiga os crimes de peculato, dispensas indevida de licitação, uso de documento falso, associação criminosa e lavagem de dinheiro. Ela envolve empresários e agentes públicos.

Já a operação denominada “Chorume” investiga empresários e agentes públicos por supostos crimes de fraude em licitação, peculato e organização criminosa. Nessa operação, foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão, um de suspensão do exercício de função pública e outro de suspensão temporária de participação em processos licitatórios nas cidades do Recife, Paulista e Caruaru.

Sobre o vice-prefeito

Em relação a Jorge Carrero que irá substituir Matuto no período dos 170 dias de afastamento, ao blog de Jamildo, Carrero relembrou as divergências com Matuto.Os problemas eram tantos que acabaram levando os dois a um rompimento. O vice-prefeito ainda fez críticas à gestão do seu ex-aliado. "As prioridades não eram as que deveriam ser. Recentemente, tenho discutido com a população porque há um programa que não estava sendo cumprido na saúde e na educação. Além disso, há problemas e questionamentos na transparência da gestão, inclusive com multas por parte do Tribunal de Contas e um conjunto de denúncias de desvio de finalidade", apontou Carreiro.

Sobre uma possível disputa nas eleições municipais, Carreiro descartou a probabilidade "Nesse momento, é hora de pensar na gestão. Tenho que analisar com frieza os problemas da cidade. Confirmo que não disputarei a eleição", pontuou.


Mais Lidas