Vereador do Cabo de Santo Agostinho é preso em operação da Polícia Civil

Operação Rateio prendeu o vereador Flávio Avila da Silva Leite nesta quarta-feira (22), no Cabo de Santo Agostinho; O também vereador Neto da Farmácia foi alvo de busca e apreensão

POLíCIA
Vereador do Cabo de Santo Agostinho é preso em operação da Polícia Civil

Operação "Rateio" foi iniciada em junho de 2019. - Foto: Alex Oliveira/ Jc Imagem

Errata: Inicialmente a matéria dizia que o vereador Neto da Farmácia foi alvo de um mandado de prisão, o que não ocorreu. O vereador foi alvo de mandado de busca e apreensão.

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou, na manhã desta quarta-feira (22), a 29º Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada “Rateio”. Dois vereadores do Cabo de Santo Agostinho foram presos na ação.

Um mandado de prisão preventiva foi cumprido, o do vereador do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, afiliado ao PSB, Flávio Avilo da Silva Leite de 44 anos, conhecido como “Flávio do Fórum”. Na casa do vereador, foi encontrado uma sacola com dinheiro que não teve o valor revelado pela polícia. Flávio teve seus bens e documentos apreendidos e foi levado à Dracco.

Outro alvo da investigação é o também vereador Vicente Mendes Silva Neto, o “Neto da Farmácia”. Ele é presidente da Câmara dos Vereadores e teve busca e apreensão realizadas em sua residência.

Iniciada em junho de 2019, a operação teve como objetivo identificar integrantes de grupo criminoso, voltado à prática dos seguintes crimes: peculato, falsidade documental, organização criminosa, e frustração de direitos trabalhistas.
Segundo as investigações, a organização se apropriava de parte dos salários dos funcionários, não realizava o pagamento do décimo terceiro, e subtraia as férias.

Ordens judiciais

Nesta quarta-feira (22), foram cumpridos 18 mandados de busca e apreensão domiciliar, e quatro de medidas cautelares diversas da prisão. Também foram executados um afastamento de cargo político, oito afastamentos de cargos comissionados, decisão de sequestro de veículos e bloqueio de bens.

Ao todo, 102 policiais civis participaram da operação, entre delegados, agentes e escrivães.

A Operação foi coordenada pela Diresp e supervisionada pela Chefia de Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (Dintel).

Por meio de nota o vereador Vicente Mendes, afirmou que recebeu a notícia do mandado de prisão com “tranquilidade”. Ele se reuniu com sua assessoria jurídica para tomar conhecimento da situação e tomar as “medidas cabíveis”. Mendes ainda reforçou que irá cooperar com a justiça para esclarecimento dos fatos investigados.

Confira a nota íntegra:

O Presidente da Câmara Municipal do Cabo de Santo Agostinho, Vereador Neto da Farmácia, recebeu com tranquilidade a notícia da operação da Polícia Civil de Pernambuco, iniciada hoje (22) pela manhã, que apura possível irregularidade relacionada ao gabinete de outro Vereador da casa.

A operação se estendeu ao seu gabinete provavelmente em razão dele ser o atual Presidente da Casa Legislativa, nada mais. O Vereador está reunido com sua assessoria jurídica para tomar conhecimento dos detalhes da ação e adotar as medidas cabíveis.

Neto informa, ainda, que irá cooperar com a justiça no que for preciso para o esclarecimento dos fatos investigados.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.