DINHEIRO

Caixa abre agências neste sábado para atender auxílio emergencial


Estarão abertas ao público 680 agências em todo o país

Agência Brasil
Agência Brasil
Publicado em 25/07/2020 às 10:30
Jailton Junior/JC Imagem
FOTO: Jailton Junior/JC Imagem
Leitura:

A Caixa Econômica Federal está com 680 agências abertas neste sábado (25), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial e do saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os nascidos em janeiro já poderão realizar o saque em espécie dos benefícios, conforme calendário de saque criado para evitar aglomerações em agências e unidades lotéricas.

>>Auxílio emergencial: veja o que fazer se a Caixa bloquear sua poupança

A relação de agências que estarão abertas pode ser conferida no site do banco.

Pagamento do auxílio

Ao todo, partir deste sábado, cerca de 3,8 milhões de beneficiários nascidos em janeiro poderão sacar o benefício nas máquinas de autoatendimento ou nas unidades lotéricas, além de transferir valores para contas da Caixa ou de outros bancos.

Saque do FGTS

Também a partir deste sábado (25), os trabalhadores nascidos em janeiro que tiveram o crédito do saque emergencial do FGTS e que não movimentaram a conta poupança digital ou que tenham saldo remanescente já poderão sacar o benefício em dinheiro. Também será possível transferir os valores, via aplicativo Caixa Tem, para outras instituições financeiras.

Calendários do auxílio emergencial

Os pagamentos da quarta e da quinta parcela do auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família) já têm datas definidas, assim como o pagamento das parcelas restantes do benefício, para os beneficiários de todos os lotes do auxílio emergencial (aprovados em datas diferentes, ao longo do ano). Clique aqui e confira todos os calendários das próximas parcelas do auxílio emergencial

A nova etapa de pagamento do auxílio emergencial contempla os beneficiários que se inscreveram no auxílio emergencial através do site ou do aplicativo da Caixa Econômica Federal, além das pessoas que fazem parte do Cadastro Único (CadÚnico), mas não recebem o Bolsa Família. O advogado previdenciarista, Almir Reis, esclarece dúvidas sobre a nova etapa do auxílio emergencial no programa O Povo na TV. Clique aqui e confira a entrevista na íntegra.


Mais Lidas