Visão

Saúde dos olhos das crianças precisa de atenção com excesso de exposição a eletrônicos


Oftalmologista faz alerta para cuidados com a alta exposição a telas de smartphones, tablets, notebooks e TVs

Priscila Miranda
Priscila Miranda
Publicado em 26/07/2020 às 9:53
Pixabay
FOTO: Pixabay
Leitura:

Neste período de pandemia e isolamento social, as telas de eletrônicos estão sendo muito mais utilizadas por crianças. Em home office, pais cedem e dão aparelhos como smartphones, tablets e TVs em excesso aos pequenos, o que pode causar problemas para a saúde deles.

Em entrevista à Rádio Jornal neste domingo (26), a médica oftalmologista Ana Karina Teles, falou dos riscos para a saúde dos olhos das crianças com a maior exposição às telas.

“As crianças estão em um grupo de risco de consequências sérias para a visão. Como, por exemplo, o início da miopia mais precocemente. Quando a gente usa um aparelho muito próximo, a gente estimula uma função do olho chamada ‘acomodação’, que envolve musculatura de dentro do olho, envolve o cristalino, que é nossa lente natural para colocar a imagem na retina e ficar nítida. Quando a gente faz isso por diversas horas, numa idade que o olhinho ainda está em formação, isso pode, eventualmente, estimular a gênese de miopia.”

A oftalmologista também apontou o ressecamento da superfície ocular, causando um olho seco, como uma das consequências do uso excessivo dos displays eletrônicos. “Quando a gente se concentra em determinada atividade, seja no computador, no smartphone, no tablet, nós piscamos menos vezes do que deveríamos piscar.”

Confira a entrevista na íntegra:


Mais Lidas