Motociclistas estão envolvidos em 70% dos acidentes em Pernambuco

A maioria dos acidentes são provocados por imprudência dos próprios condutores

TRâNSITO
Motociclistas estão envolvidos em 70% dos acidentes em Pernambuco

Os casos vão desde quedas a colisões mais graves. - Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (27) é lembrado o Dia Nacional do Motociclista. Nesta data, um dado preocupante acende o alerta de quem pilota uma moto: 70% dos acidentes de trânsito registrados em Pernambuco envolvem motoristas de motos, de acordo com a Secretária Estadual de Saúde. Os casos vão desde quedas a colisões mais graves.

Nos seis primeiros meses deste ano o hospital Miguel Arraes, unidade especializada em trauma localizado em Paulista, no Grande Recife, atendeu 409 pacientes vítimas de acidentes com moto. A situação é tão alarmante que segundo o chefe do setor de ortopedia, Fracisco Couto, atualmente 100% da enfermaria está ocupada. Os leitos de observação na emergência também estão cheios, todos com pacientes que se envolveram em acidentes de trânsito com moto.

Couto relata que com a abertura de alguns setores da economia, o número de acidentes com motos aumentou. A maioria dos casos é provocada por imprudência dos envolvidos que não usam capacete, pilotam com alta velocidade e muitas vezes estão alcoolizados.”O índice de não realização de feituras de proteção como capacete, cotoveleira, e principalmente o uso de calçados porque andam muito descalços. Além das imprudências com a alta velocidade, o uso de álcool ao volante e as vezes pacientes que até não são habilitados a usar a moto.” 

Para o diretor do Detran Sebastião Marinho só há uma maneira de reduzir esses números, a prevenção. “Hoje é o dia do motociclista, mas costumamos dizer que todos os dias deveriam ser do motoristas e dos motociclistas. São preocupações que a gente tá botando no dia de hoje mas que isso deve ser sempre fixada na cabeça dos motoristas e motociclistas em especial.”

Já quem utiliza o veículo no dia a dia reconhece o perigo, muitos revelam que tem medo da falta de atenção de alguns motoristas.

Ouça a reportagem de Natalia Hermosa:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.