Após meses com altos índices de infecção, Recife registrou apenas 16% dos casos de covid-19 de Pernambuco em julho

A cidade, que já chegou a ser responsável, em abril, por 54% dos casos da covid-19 do Estado, registra queda no número de infectados há 80 dias

CORONAVíRUS
Após meses com altos índices de infecção, Recife registrou apenas 16% dos casos de covid-19 de Pernambuco em julho

Em julho, o Recife foi responsável por apenas 16% de todos os novos casos de Pernambuco. - Foto: Jailton Júnior/TV Jornal

Os indicadores da covid-19 na capital pernambucana continua em tendência de queda há 80 dias. Em julho, o Recife foi responsável por apenas 16% de todos os novos casos de Pernambuco. A cidade já chegou a ser responsável, em abril, por 54% dos casos do Estado. O anúncio foi feito pelo prefeito Geraldo Julio na manhã desta segunda-feira (3), quando ele destacou também que a Prefeitura do Recife começou hoje a promover ações voltadas ao grupo de risco da covid-19.

“Nós chegamos a 80 dias de tendência de redução da contaminação por covid em nossa cidade. Eu quero agradecer a todos que estão empenhados na prevenção. No mês de abril, 54% dos casos de coronavírus em Pernambuco eram do Recife. A gente fechou este mês de julho com apenas 16% dos casos de todo o Estado”, comemorou o prefeito Geraldo Julio.  

Cuidados 

O prefeito ressaltou ainda a importância de manter as medidas de prevenção para evitar uma subida dos casos e destacou que o mês de agosto será marcado por uma campanha específica para o grupo de risco, realizada pela Prefeitura do Recife.

"A pandemia não acabou. É muito importante intensificar a prevenção, com a limpeza das mãos e uso do álcool a 70%, uso da máscara e também o distanciamento social. Neste mês de agosto, estamos fazendo uma campanha de prevenção e orientação com foco nas pessoas dos grupos de risco”, reforçou.

Grupos de risco

Durante todo o mês de agosto, a Prefeitura do Recife está promovendo ações educativas voltadas às pessoas idosas, obesas, transplantadas, diabéticas e com outras doenças que as tornem mais suscetíveis a complicações em caso de contaminação pelo novo coronavírus. A ação começou hoje no bairro de San Martin e na primeira semana será focada no Distrito Sanitáirio V.

Os agentes comunitários de saúde e demais profissionais da Atenção Básica intensificaram as visitas domiciliares, nas áreas cobertas pela Estratégia de Saúde da Família, e distribuirão máscaras para esse público.

As orientações específicas estão compondo material informativo que está sendo distribuído para essa população de forma impressa e também em campanha de redes sociais. Para ajudar a mapear público-alvo, estão sendo utilizados os cadastros das equipes de saúde da família e também das informações colhidas pelos ACS durante as visitas, entre outras fontes de informação.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.