acidente

Avião se parte durante pouso em aeroporto da Índia e deixa mortos


Avião derrapou na hora do pouso no aeroporto de Calicute, na Índia

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 07/08/2020 às 14:11
Reprodução/ Twitter
FOTO: Reprodução/ Twitter
Leitura:

Um acidente de avião envolvendo um Boeing 737 deixou, pelo menos, 17 mortos, e mais de 100 feridos, nesta sexta-feira (7), durante pouso no aeroporto de Calicute, na Índia. Por meio de sua conta no Twitter, a companhia aérea Air India Express confirmou que o avião carregava 174 passageiros, 10 crianças, dois pilotos e quatro tripulantes.

No comunicado, a companhia aérea ainda diz que não houve registro de incêndio na hora do acidente. "O voo Air India Express IX 1344, [operado por] uma aeronave Boeing 737, de Dubai para Calicute, ultrapassou a pista de pouso do aeroporto de Calicute essa noite, às 19h43. Não foi reportado incêndio na hora do pouso. Haviam 174 passageiros, 10 crianças, 2 pilotos e 4 tripulantes à bordo da aeronave. Conforme informações iniciais, as operações de resgate estão ocorrendo e os passageiros estão sendo levados ao hospital para atendimento médica. Nós compartilharemos uma atualização sobre esse assunto brevemente", diz o comunicado.

 

O avião havia decolado no aeroporto de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e derrapou na pista durante o pouco. No momento do acidente, que aconteceu por volta das 19h40 (horário local), segundo a Direção Geral de Aviação Civil da Índia, chovia muito. A aeronave deslizou até cair em um vale se partir em duas.

Segundo informações da imprensa local, o voo era operado pelo governo do país para repatriar indianos em razão das restrições de viagem internacional provocadas pela pandemia do novo coronavírus.

Autoridades indianas se pronunciam

Pelo Twitter, o presidente Narendra Modi disse que as autoridades estão no local, prestando assistência aos afetados. "Meus pensamentos estão com aqueles que perderam seus entes queridos. Que os feridos se recuperem o mais cedo possível. Falei com Kerala CM @vijayanpinarayi sobre a situação. As autoridades estão no local, prestando toda a assistência aos afetados", disse.

 

O ministro da Defesa da Índia, Rajnath Singh, postou em sua conta do Twitter uma mensagem lamentando a tragédia. "Estou profundamente angustiado pelas vidas perdidas neste acidente com vários passageiros no voo da Air India. Nessa hora de luto, meus pensamentos estão com os familiares. Rezo pela rápida recuperação dos feridos", escreveu ele.

 

Mais Lidas