volta às aulas

Saiba quais cursos livres tiveram as aulas presenciais liberadas em Pernambuco

Aulas presenciais dessas atividades foram retomadas nesta segunda-feira (17)

Carol Coimbra
Carol Coimbra
Publicado em 17/08/2020 às 14:34
Reprodução/TV Jornal Interior
FOTO: Reprodução/TV Jornal Interior
Leitura:

Depois de cinco meses, aulas presencias em cursos técnicos de idiomas e de qualificação profissional foram retomadas, nesta segunda-feira (17), em Pernambuco. O retorno está na primeira das quatro etapas da retomada presencial dos cursos livres no estado. Nessa fase, as instituições só poderão funcionar com 25% dos estudantes, todos maiores de 18 anos.

Em uma rede de escolas de idiomas no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife, há cerca de 1.900 alunos. A preparação para a volta das aulas contou com várias medidas de higiene para prevenir a covid-19. Segundo a dona da franquia, Anne Bettencourt, a unidade havia contabilizado entre cancelamentos e suspensões de contratos, cerca de 35% do total de alunos. A expectativa pelo retorno é grande.

“A gente espera que com essa retomada do presencial nossos alunos possam voltar. A gente está aqui com tudo organizado para acolher e receber de uma maneira segura os nossos colaboradores e alunos”, afirmou.

Em uma auto escola no bairro da Boa Vista, na Área Central do Recife, que estava parada por três meses, primeiro retornaram 50% dos funcionários, mas apenas com aulas teóricas online, com alunos já matriculados antes da pandemia. Só depois da autorização da retomada dos cursos livres, eles puderam voltar com as matrículas e aulas teóricas presenciais. Tudo com restrições e bastante cuidado, como relata o empresário Igor Valença. “Nossa sala de aula toda já está devidamente marcada, os assentos que podem e não podem se sentar. Nós estamos disponibilizando álcool em gel e estamos aferindo as temperaturas dos alunos que chegam”, disse.

Igor, que também é presidente do Sindicato que representa à categoria no estado, afirma que ainda é cedo para avaliar as perdas no setor, apesar de tantos meses sem nenhuma atividade.

Cursos técnicos de qualificação profissional, competições esportivas individuais sem públicos também foram liberados. Já os cursos preparatórios e de matérias isoladas continuam suspensos.

Confira a reportagem de Suellen Fernandes:

Mais Lidas