Estabelecimentos são fechados na Zona Sul do Recife e em Paulista

Estabelecimentos foram fechados, notificados, e aglomerações foram dispersadas em operações na Zona Sul do Recife e no município de Paulista

OPERAçõES
Estabelecimentos são fechados na Zona Sul do Recife e em Paulista

Pelo segundo dia consecutivo, a “Operação Fecha Bar”, aconteceu nos bairros do município do Paulista, na Região Metropolitana do Recife. - Foto: Jorge Macrino

O Procon Pernambuco interditou, na noite desse sábado (22), o bar Espetolândia, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

O local já tinha sido notificado, no dia 30 de julho, por estar funcionando após o horário permitido pelo Governo de Pernambuco, e estava descumprindo novamente o protocolo.

 

Ainda foram notificados quatro estabelecimentos, todos na Zona Sul, dois por estarem ultrapassando o horário permitido: Johnny Gastrobar e Paris Loung Bar, o Herculano Bar, porque estava com a pista de dança funcionando, o que também é proibido, dentro do protocolo de funcionamento, e o Posto Alvorada.

Esse último, além de estar com aglomeração, descumpria a Lei Municipal, que proíbe o consumo de bebida alcoólica, na área do posto. Toda a ação foi feita com o apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

 

>> Procon interdita bar no Recife após aglomeração de pessoas

>> Estudante é agredido ao sair de bar na orla de Boa Viagem; Vítima só consegue andar amparado

>> Mesmo com proibição do Governo de PE, Cabrobó autoriza reabertura de restaurantes e lanchonetes

 

Paulista

Na noite desse sábado (22), pelo segundo dia consecutivo, a “Operação Fecha Bar”, aconteceu nos bairros do município do Paulista, na Região Metropolitana do Recife.

A ação, que é coordenada pelo 17º Batalhão da PM, tem como objetivo cumprira portaria do Governo do Estado, que regulamenta o horário limite (até às 22h) para que esses estabelecimentos possam permanecer abertos, durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Estabelecimentos fechados

No bairro de Maranguape II, na Avenida A, quatro estabelecimentos foram fechados, porque estavam funcionando, após o horário limite. O dono de uma temakeria foi orientado a procurar à Secretaria de Desenvolvimento Urbano para regularizar a situação, em relação ao alvará de funcionamento e de licença.

Em Pau Amarelo, na Avenida Carlos Gueiros Leite, o Procon lavrou um auto de constatação pelo funcionamento após o horário limite, e um bar foi fechado. Além disso, os agentes da Vigilância Sanitária orientaram o proprietário sobre os cuidados necessários e o armazenamento adequado dos alimentos comercializados.

Já no bairro de Jardim Paulista, em um espaço que fica ao lado da Praça Lindolfo Collor, os militares dispersaram as pessoas, por estarem causando aglomeração.

A ação

A operação contou com o apoio de agentes da Apevisa (Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária) e da Vigilância Sanitária municipal; da Vigilância Ambiental; Procon Paulista; Guarda Municipal; e Fiscalização de Controle Urbano e Corpo de Bombeiros.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.