Caso Miguel

Família do menino Miguel pede indenização por danos morais e materiais na Justiça


Miguel, de 5 anos, morreu quando caiu do nono andar de um prédio no Recife

Carol Coimbra
Carol Coimbra
Publicado em 25/08/2020 às 12:06
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

A família do menino Miguel Otávio, de 5 anos, que caiu do novo andar de um prédio de luxo em junho, na cidade do Recife, pediu na Justiça uma indenização por danos materiais e morais. O valor do pedido foi de quase um R$ 1 milhão para Sarí Gaspar Corte Real, primeira-dama de Tamandaré e ex-patroa de Mirtes Santana, mãe de miguel.

Ivestigações:

De acordo com as investigações, a primeira-dama deixou Miguel sozinho em um elevador do condomínio onde mora, enquanto a mãe do menino passeava com a cadela dos ex-patrões. Sari foi denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte e espera julgamento em liberdade.


Mais Lidas