Há dois anos, o jornalismo pernambucano perdia Graça Araújo

Graça Araújo faleceu aos 62 anos, no dia 8 de setembro de 2018

SAUDADES
Há dois anos, o jornalismo pernambucano perdia Graça Araújo

Graça Araújo faleceu aos 62 anos - Foto: Divulgação/ Cine PE

Há dois anos, no dia 8 de setembro de 2018, o jornalismo pernambucano perdia Graça Araújo. A apresentadora faleceu aos 62 anos, vítima de uma falência múltipla nos órgãos decorrente de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).  

Nascida em 2 de abril de 1956 em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco, Maria Gracilane Araújo da Silva sonhava em ser médica, antes de chegar ao jornalismo. No entanto, ao trabalhar em uma editora de uma revista de construção, desenvolveu o interesse pela comunicação. 

Patrona do jornalismo pernambucano 

Em julho deste ano, Graça Araújo foi declarada patrona do jornalismo pernambucano pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). 

"Em virtude de sua honrosa carreira profissional, Graça foi, ainda, homenageada na edição do livro "Sucesso: o que elas pensam", que reúne 150 mulheres que contam como chegaram ao sucesso profissional. Tendo em vista, assim, a importância de Graça Araújo para o povo pernambucano, solicito apoio dos nobres pares para a aprovação do presente Projeto de Lei", justificou a Alepe. 

Praça em sua cidade natal 

Em sua homenagem, Graça irá ganhar uma praça com seu nome em Itambé, na Zona da Mata de Pernambuco. A Praça Jornalista Graça Araújo terá palco de atrações culturais, equipamentos para exercícios físicos e o busto da apresentadora. As obras já estão em andamento e a previsão para inauguração é para o final de outubro. 

"Resistência, resiliência, negritude e comunicação"

Em 2019, em alusão à memória da jornalista, a 5ª edição do Troféu Comunicadores de Pernambuco, criado pelo comunicador Jaílton Arruda, teve o tema "É uma Graça na Comunicação". Na ocasião, Jaílton e Jorge Arruda também lançaram o livro "Graça Araújo: Negritude, Resiliência e Comunicação".

Carreira

Graça foi apresentadora do TV Jornal Meio Dia e radialista na Rádio Jornal. Ela conquistou prestígio por sua postura coerente, além do compromisso com a verdade. O tom preciso em suas declarações tornou-a querida e admirada por se posicionar em defesa dos interesses do cidadão pernambucano. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.