PANDEMIA

Manifestantes pedem reabertura total de Fernando de Noronha; governo vai avaliar solicitações


Atualmente, apenas turistas que comprovem que já se recuperaram da covid-19 podem entrar em Fernando de Noronha

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 08/09/2020 às 17:58
Yacy Ribeiro/ JC Imagem
FOTO: Yacy Ribeiro/ JC Imagem
Leitura:

Comerciantes e prestadores do Arquipélago de Fernando de Noronha realizaram um protesto no Recife, nesta terça-feira (8), para pedir a reabertura total da ilha. Eles saíram em carreata de Boa Viagem, na Zona Sul da capital pernambucana, com destino ao Palácio do Campo das Princesas, na área central do Recife.

Participaram do ato representantes de pousadas, bugueiros, conselheiros, pequenos negociantes e moradores de Fernando de Noronha. Atualmente, o Governo do Estado está limitando a entrada na ilha apenas para turistas que comprovarem por meio de testes que já tiveram a covid-19.

O dono de pousada Renato Maia destaca Os problemas que estão sendo causados pela limitação do turismo. “A ilha depende do turismo e ninguém está podendo exercer suas atividades. Já tem gente na ilha passando necessidades", disse.

Ainda segundo Renato, o protocolo construído para Fernando de Noronha tem condições de ofertar toda segurança para moradores e turistas. Por isso, eles pedem a reabertura total do acesso ao arquipélago.
Protesto no arquipélago

O protesto também foi realizado em Noronha, onde os manifestantes saíram em carreata do Porto de Santo Antônio em direção ao Aeroporto Governador Carlos Wilson.

Desde 1º de setembro, apenas turistas com resultados positivos de testes para covid-19 e curados da doença podem entrar na ilha, segundo protocolo do Governo de Pernambuco.

Resposta

Por nota, o governo informou que uma comissão dos empresários foi recebida pelo secretário-executivo da Casa Civil, Eduardo Figueiredo, acompanhado do superintendente Jurídico da Administração do Arquipélago, Felipe Campos, e do diretor de Projetos Estratégicos, Daniel Bezerra. Segundo o governo, foi protocolado um ofício com as solicitações e o documento será encaminhado ao Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus para avaliação e eventual deliberação.

Veja a nota completa

O Governo de Pernambuco informa que uma comissão formada por empresários que atuam em Fernando de Noronha foi recebida nesta terça-feira (08), no Palácio do Campo das Princesas, pelo secretário-executivo da Casa Civil, Eduardo Figueiredo, acompanhado do superintendente jurídico da administração do arquipélago, Felipe Campos, e do diretor de projetos estratégicos, Daniel Bezerra.

Durante a reunião, foram ouvidas as reivindicações dos empresários. Eles protocolaram um ofício em que solicitam, com celeridade, a flexibilização do protocolo de entrada de turistas na ilha. O documento será encaminhado ao Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus para avaliação e eventual deliberação.


Mais Lidas