Secretário de Saúde de Pernambuco alerta para riscos nas campanhas eleitorais durante a pandemia

De acordo com André Longo, é preciso entender que o distanciamento social é uma nova regra da pandemia

ELEIçõES 2020
Secretário de Saúde de Pernambuco alerta para riscos nas campanhas eleitorais durante a pandemia

Secretário Estadual de Saúde, André Longo, comentou sobre as campanhas eleitorais em tom crítico - Foto: Pedro Menezes/SEI

Em tom de crítica na coletiva online, dessa quinta-feira (17), o secretário estadual de Saúde, André Longo, alertou para os riscos nas aglomerações durante a campanha eleitoral no atual cenário de pandemia do novo coronavírus. Na ocasião, ele falou sobre acontecimentos dos últimos dias, sobretudo no interior do Estado, que teve muita gente reunida sem qualquer proteção facial.

Durante as campanhas municipais as medidas restritivas e sanitárias precisam ser respeitados. Assim, encontros remotos e eventos com público limitado ou no sistema drive-tru são os mais indicados. Na coletiva, o secretário lembrou que um eventual aumento de casos pode interferir no andamento do plano de convivência. 

"É preciso entender que o distanciamento social é uma nova regra. É uma nova necessidade. Todos gostaríamos de voltar ao normal, mas não há normalidade quando temos a circulação de um vírus com grande poder de contaminação e propagação e que pode causar a morte da população mais vulnerável", lembrou. 

 André Longo lamentou que as aglomerações estejam cada vez mais frequentes. "É lamentável. Recebi imagens de alguns eventos políticos em algumas cidades do interior que mais pareciam um Carnaval. Isso é um total desrespeito a toda sociedade. São exemplos negativos que podem custar muito caro", alertou. 

Eleições 2020

No dia da eleição, em 15 de novembro, não será feita a biometria e o eleitor deve levar de casa a  caneta para assinar a lista de presença.

 

 

 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.