PROTESTO

Moradores de comunidade próxima ao TI do Barro, no Recife, protestam contra ação policial


O protesto aconteceu próximo ao Terminal Integrado do Barro e causou engarrafamento no local

Publicado em 23/09/2020 às 11:27
Day Santos/Jc Imagem
FOTO: Day Santos/Jc Imagem
Leitura:

Moradores da Comunidade Carolina de Jesus, ao entorno do Terminal Integrado do Barro, na Zona Oeste do Recife, protestaram na manhã desta quarta-feira (23) contra uma ação policial, que ocorreu na terça-feira (22). Segundo os manifestantes, os policiais confundem os moradores da comunidade com os bandidos que assaltam a integração. O que provoca sensação de medo e injustiça.

Por causa desse cenário, alguns moradores atearam fogo em pneus, lixos e entulhos para impedir a circulação dos coletivos e chamar a atenção da população.

"Está tendo muito assalto na Integração, por isso os policiais vêm na comunidade fazer buscas. Eles chegam atirando, não sabem se tem crianças, idosos e gestantes", revelou Maria dos Prazeres, uma das manifestantes e moradoras do local.

De acordo com Maria, a situação de medo em que os moradores da região vivem está insustentável. "Eles tem que ver isso. Quando chegar na comunidade não chegar invadindo, atirando. As crianças veem isso direto, eles [a polícia] com revólver na mão correndo, a gente já vive pânico nessa comunidade, e essa foi a forma que a gente encontrou [de chamar atenção]. Quantas vezes a gente já foi pra ouvidoria, fazer reclamação e não adianta nada. A gente só pede que eles [os policiais] tenham um pouco de consciência", explicou a moradora.

Polícia Militar

Em nota, a Polícia Militar informou que não há registros de operação policial militar na noite de terça-feira (22) nas imediações do Terminal Integrado do Barro.

Engarrafamento

Com bastante fumaça e entulhos, a passagem dos ônibus pelo local ficou bastante prejudicada, gerando um imenso engarrafamento pelo local. De acordo com testemunhas, passageiros chegaram a descer dos coletivos e optaram por seguir viagem a pé.

Segundo o Corpo de Bombeiros, que foi acionado por volta das 7h20, uma equipe foi enviada ao local, efetuando a liberação da passagem pouco tempo depois, às 8h. A operação dos ônibus foi retomada e o terminal integrado já funciona normalmente.


Mais Lidas