vandalismo

Recém inaugurado, elevador da Estação Joana Bezerra, no Recife, é alvo de vandalismo


Além do elevador, as escadas rolantes também são constantementes depredadas

Publicado em 25/09/2020 às 8:26
Cortesia
FOTO: Cortesia
Leitura:

O elevador instalado na Estação de Metrô Joana Bezerra, no bairro de São José, área central do Recife, na última terça-feira (22), foi alvo de vandalismo. O equipamento, instalado há uma semana, teve os botões arrancados. O elevador custou R$ 500 mil.

Os vândalos chutaram o painel de controle, o que resultou na parada do elevador. Nessa quarta (23), o equipamento foi consertado e entregue novamente à população.

Lixo nas escadas

Outro problema deve demorar mais dias para ser resolvido na estação. Uma das escadas rolantes parou pelo acúmulo de lixo. As equipes de manutenção já iniciaram a retirada dos resíduos em etapas. O processo tem um custo total de R$ 10 mil.

Salvino gomes, gerente de Comunicação do Metrô do Recife, admite que alguns passageiros não sabem zelar pelo que é de todos.

"Essa escada é uma das inúmeras que quebram, porque as pessoas causam vandalismos. Sentam nas escadas, colocam sandálias, além de jogarem lixo", explica.

Nota da CBTU

"A CBTU Recife informa que uma das escadas rolantes da Estação Joana Bezerra está fora de operação devido à quantidade de lixo jogada entre os degraus. A escada está sendo parcialmente desmontada para que os técnicos de manutenção possam ter acesso à parte inferior da escada e realizar a remoção de sacos plásticos, resíduos de alimentos, e outros contaminantes. Além da escada ficar parada por vários dias, prejudicando os passageiros, o custo desse serviço fica em torno de R$10 mil reais para a Companhia. A CBTU destaca que existem diversas lixeiras e pontos de coleta de lixo nas estações, e que é necessária a colaboração dos usuários para que não joguem o lixo na via, dentro dos trens ou nas escadas rolantes."


Mais Lidas