Belarmino Silva (Avante) quer construir autódromo, estádio e reduzir IPTU em Jaboatão dos Guararapes

Candidato à prefeitura de Jaboatão dos Guararapes diz é preciso uma gestão de alguém que viva na cidade

ELEIçõES 2020
Belarmino Silva (Avante) quer construir autódromo, estádio e reduzir IPTU em Jaboatão dos Guararapes

Belarmino Silva (Avante), candidato à Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, na sabatina da Rádio Jornal - Foto: Beto dlc/JC Imagem

Na abertura das sabatinas com os candidatos à Prefeitura de Jaboatão, a Rádio Jornal recebeu, nesta sexta-feira (9), Belarmino Silva (Avante). Advogado natural da cidade, ele comentou suas propostas de governo, entre elas a criação de um autódromo, um estádio e a redução do IPTU para os jaboatonenses.

"A redução de IPTU é feita dentro de uma escalada no período de quatro anos, porque, legalmente, não tem como baixar o IPTU, porque a Lei Tributária não permite, mas a partir do momento que a gente não majora o IPTU, já consegue defasar conforme os índices inflacionários. Basta ser inteligente e sem ter prejuízo para os cofres públicos.” 

Sobre a criação de estruturas como um estádio de futebol, o candidato do Avante comenta que não quer uma obra “faraônica”, mas que seja capaz de resgatar a cultura do esporte na cidade.

“A gente precisa construir um novo estádio de futebol. Não uma obra ‘faraônica’, que dificulte, que prejudique a receita do município, mas o jaboatonense teve grandes jogadores”, explicou Belarmino, que completou dizendo que pretende fazer a estrutura próximo ao eixo de integração que atende os bairros de Prazeres, Cavaleiro e Jaboatão Centro. Já o autódromo, segundo Belarmino, também seria construído próximo às áreas de Prazeres.

Para o candidato à gestão municipal, Jaboatão dos Guararapes precisa de lideranças que morem na cidade. “A gente não quer acordo com quem não é de Jaboatão. Só quer acordo com as pessoas de Jaboatão, dos homens e das mulheres, dos políticos e das lideranças comunitárias. Não adianta trazer forasteiros.”

Problemas da cidade

Belarmino afirmou que a pandemia da covid-19 seria maior problema atual de Jaboatão, mas há muitos a se enfrentar. "A gente começa pela Feira de Jaboatão, que é um caos. Os camelôs que se encontram lá desprotegidos. Tem que se criar no centro de Jaboatão um acesso melhor, tanto na questão da mobilidade, do trânsito, como locar os camelôs em seus devidos lugares", disse.

Questionado pelo comunicador Wagner Gomes sobre a falta de propostas para melhorias do saneamento básico da cidade, que tem um dos piores índices do Brasil, no plano de governo dele, o candidato afirmou que o tema "tem que ser prioridade". "Esse plano de governo, a gente está ampliando ele, no sentido bem maior. Até porque eu participei de várias audiências na Compesa sobre saneamento básico, e foi liberado já, para Jaboatão Centro, mais de R$ 50 milhões, que já está em andamento. Esse dinheiro veio do governo federal, conjuntamente com o governo estadual."

Belarmino afirmou que também quer enxugar a máquina administrativa, com redução de secretarias. "Hoje, existem mais de 40 secretarias. Vamos fazer um esforço tremendo para trabalhar, no mínimo, com 27 secretarias que atendam. Não adianta criar cabide de emprego, não vai a lugar nenhum."

Ouça a sabatina com Belarmino Silva (Avante) na íntegra:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.