SINTEPE

Professores da rede estadual de ensino de Pernambuco encerram greve


No entanto, professores afirma que continuarão visitando escolas para verificar condições estruturais

Ísis Lima
Ísis Lima
Publicado em 23/10/2020 às 16:16
Brenda Alcântara/JC Imagem
FOTO: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Em assembleia realizada, nesta sexta-feira (23), os professores da rede estadual decidiram acatar decisão judicial e acabar com a greve. A informação foi confirmada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), por meio de nota. No entanto, a categoria vai dar continuidade às visitas nas escolas e locais de trabalho para verificar as condições estruturais.

De acordo com o Sintepe, a categoria irá denunciar possíveis descumprimentos de normas sanitárias.

Leia também >> Após infecção de alunos em escola particular, Sintepe diz que situação comprova preocupação de professores

Justiça de Pernambuco dobra multa ao Sintepe por descumprimento de liminar que proíbe greve

Aulas presenciais: Sintepe avalia situação de cada escola estadual de Pernambuco antes de definir volta

Confira a nota completa

Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação aprovaram em assembleia, na manhã desta sexta-feira (23), acatar decisão judicial e suspender a Greve em Defesa da Vida. A reunião com mais de 1.300 participantes também aprovou a continuidade das visitas às escolas e locais de trabalho, verificando as condições estruturais e denunciando possíveis descumprimentos de normas sanitárias.

A indicação foi da suspensão da greve por determinação judicial e diante da opção do Governo do Estado em recorrer à Justiça impondo uma série de medidas punitivas e multas estratosféricas ao Sindicato.

O Sintepe não desistiu da luta pela vida e continua advertindo o governo de que este não é o momento do retorno às atividades presenciais. Reiteramos que o Governo de Pernambuco será responsável por casos de contágio e agravamentos decorrentes da reabertura precoce das escolas. Nova assembleia já está marcada com indicativo de data para 30 de outubro.


Mais Lidas