Escolas

“Escolas vão ter muita dificuldade para funcionar em 2021”, diz Sindicato das Escolas Particulares de Pernambuco


A notícia que o Colégio Sagrada família fechou as portas pegou pais e alunos de surpresa; mas outras instituições de ensino poderão ter problemas para funcionar devido à pandemia

Carol Coimbra
Carol Coimbra
Publicado em 27/10/2020 às 13:03
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

O Colégio Sagrada Família, no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife, fechou as portas. A notícia sobre o encerramento das atividades do escolares foi divulgada através de um comunicado enviado aos pais e responsáveis pelos alunos e pegou todos de surpresa.

Na carta, a diretora do colégio contou a história de toda trajetória da instituição, expôs os desafios enfrentados durante os 115 anos de existência e explicou que o fechamento da unidade foi ocasionado pelo prejuízo financeiro gerado pela pandemia da covid-19.

“A pandemia veio para atrapalhar muitos dos nossos planos, então investimos muito para receber os alunos após a pandemia. Adaptamos toda a escola, mas infelizmente algumas famílias não têm condições de assumir essa responsabilidade” explicou a vice-diretora da escola, Rejane Albuquerque.

Giselle Lasserre foi uma das mães que cancelou o contrato com a escola. Segundo ela, o filho de seis anos matriculado no ensino infantil não se adaptou ao meio remoto. Ela também argumentou que o desconto sugerido pelo colégio não foi o suficiente para o formato virtual.

“Optei por cancelar a matrícula do meu filho, em relação ao custo-benefício, pois o desconto por ser ensino a distância foi muito pequeno e, o aprendizado, limitado”, afirmou.

O colégio iniciou o ano letivo com 285 estudantes matriculados nos ensinos infantil e fundamental. Mas, por causa da pandemia, esse número caiu e hoje a escola conta com 260 matrículas efetivas. Segundo a direção do colégio, os estudantes que estão matriculados não serão prejudicados, e as aulas remotas continuarão até o fim do ano.

O diretor-executivo do sindicato das escolas particulares de Pernambuco, Arnaldo Mendonça, lamentou o fechamento do Sagrada Família e afirmou que mais de 200 colégios privados no estado já fecharam as portas este ano devido às condições geradas pelos protocolos do novo coronavírus.

“Até o final ano de quase todas as escolas que oferecem somente a educação infantil e algumas que oferecem do infantil até o quinto ano vão ter muita dificuldade para funcionar em 2021. As notícias estão chegando, chegou agora do Sagrada Família. Mas, no mês de setembro, agosto ainda, uma escola que tinha 45 anos de referência na Zona Sul que funcionava até o quinto ano infelizmente fechou as portas”, contou Arnaldo.

Ouça a reportagem de Juliana Oliveira:


Mais Lidas