Maradona é operado com sucesso de hematoma na cabeça, diz médico

A cirurgia de Maradona durou 1 hora e 20; ídolo do futebol celebrou seu aniversário de 60 anos na última sexta-feira (30)

CRAQUE
Maradona é operado com sucesso de hematoma na cabeça, diz médico

Cirurgia arriscada durou uma hora e 20 minutos para eliminar o coágulo - Foto: Reprodução/Twitter

Da Agência Brasil

O ídolo argentino Diego Maradona foi submetido com sucesso a uma cirurgia para um hematoma subdural realizada em um hospital na Argentina, disse Leopoldo Luque, neurocirurgião e médico pessoal do astro. "A cirurgia durou 1 hora e 20 e conseguiu-se eliminar o hematoma com sucesso. Diego reagiu muito bem à cirurgia. Os passos a seguir em observação, está controlado. Vai depender de sua evolução", disse o neurocirurgião a repórteres. "Não é muito complexo, mas ainda é uma neurocirurgia", acrescentou, sem dar mais detalhes.

Leia também >> Maradona passa mal após classificação da Argentina

As polêmicas de Don Diego Armando Maradona

'Vou sempre torcer por você', diz Pelé ao aniversariante Maradona

Do início meteórico ao status de divindade: os 5 atos revolucionários de Maradona no futebol

Diego Maradona publica mensagem de apoio a Lula no dia do julgamento

A intervenção, arriscada pelo delicado estado de saúde do ex-jogador, foi levada a cabo por uma equipe comandada por Luque. Os hematomas subdurais são geralmente causados por lesões na cabeça, que podem romper vasos sanguíneos e gerar nódulos de sangue entre o cérebro e o crânio.

Cerca de 50 torcedores zelaram pela saúde de Maradona em frente à Clínica Olivos, na periferia de Buenos Aires, e comemoraram ao saber, por meio da mídia, do sucesso da intervenção. "Diego, Diego!", gritavam de felicidade.

O campeão mundial com a seleção argentina em 1986 e atual técnico do Gimnasia y Esgrima La Plata, de 60 anos, havia sido hospitalizado na segunda-feira (2) na Clínica Ipensa, localizada em La Plata - 50 quilômetros ao sul de Buenos Aires -, com quadro de anemia e desidratação.

Fãs dão apoio ao ídolo do futebol 

Desde a noite de segunda (2), dezenas de fanáticos por futebol e torcedores do Gimnasia y Esgrima passaram pelo exterior do hospital para dar apoio a Maradona. Bandeiras com seu rosto e cartazes com mensagens de apoio ou frases popularizadas pelo ídolo foram exibidos durante a jornada em frente à porta do hospital, onde também há pinturas no asfalto.

Maradona, que atingiu o ápice de sua carreira na Copa do Mundo de 1986 no México, recebeu várias homenagens e saudações de estrelas do futebol atuais em seu aniversário de 60 anos na última sexta (30).

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.