Covid-19: Unicef alerta para as consequências da pandemia nas crianças

Relatório global divulgado pelo Unicef revela possíveis impactos provocados pela pandemia nos campos da saúde, educação e assistência social

INFÂNCIA
Covid-19: Unicef alerta para as consequências da pandemia nas crianças

Ausência das aulas presenciais impacta não só no processo de aprendizagem das crianças, mas também na segurança dos pequenos - Foto: Divulgação

Anualmente, no dia 20 de novembro, é celebrado o Dia Mundial da Criança. E na data deste ano, por meio de um relatório global, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) faz alerta importante para a proteção dos pequenos em tempos de pandemia, a fim de evitar que toda uma geração seja perdida em virtude das consequências provocadas pelo novo coronavírus, que ameaça causar danos irreversíveis à educação, saúde e bem-estar de meninas e meninos. De acordo com o chefe do Unicef para a região Nordeste, Dennis Larsen, o documento revela que a interrupção de serviços considerados essenciais durante a pandemia pode prejudicar milhares de crianças, provocando até a morte. 

“Os serviços essenciais estão sendo interrompidos em muitos países. O acesso a vacinação, serviço pré-natal (...) Isso pode afetar sete milhões de crianças menores de cinco anos que vão sofrer com a má nutrição em 2020. E também pode causar mais de 10 mil mortes”, disse.  

Educação

De acordo com Dennis Larsen, a ausência das aulas presenciais impacta não só no processo de aprendizagem das crianças, mas também em questões que envolvem a segurança dos pequenos.

“As crianças não só perdem a aprendizagem (...) Sabemos que as crianças que não vão para a escola são muito mais expostas à violências, crimes e também problemas de saúde mental. Então, por várias razões, é muito importante que as crianças fiquem na escola (...) É importante garantir um retorno seguro para a escola. Assegurar todos os meios de distanciamento social, que tenha máscara, lugar para lavar as mãos”, destacou. 

Confira a íntegra da entrevista com Dennis Larsen:

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.