Crime

Vídeo mostra assassinato de policial de Alagoas em Porto de Galinhas


O policial estava de folga, com a esposa, grávida de três meses, e um grupo de amigos, quando foi surpreendido pelos criminosos, em Porto de Galinhas

Karina Costa Albuquerque Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Karina Costa Albuquerque
Publicado em 22/11/2020 às 15:20
Reprodução/TV Jornal
FOTO: Reprodução/TV Jornal
Leitura:

Câmeras de segurança flagraram o assassinato de um policial militar de Alagoas, em Porto de Galinhas, em Ipojuca, no Litoral Sul de Pernambuco, na noite da sexta-feira (20).

>> Policial militar de Alagoas é morto com tiro na cabeça em Porto de Galinhas

As imagens de um estabelecimento comercial mostram que, às 23h32, o suspeito se aproxima da vítima e, logo em seguida, efetua um disparo de arma de fogo na cabeça do soldado. Testemunhas contaram que o homem teria ido roubar a arma do PM, que estava na cintura, e que o policial teria entrado em luta corporal com o suspeito.

Investigação

Ainda de acordo com testemunhas, antes de fugir, o homem ainda teria levado a arma do soldado. A Polícia Civil de Pernambuco trabalha com a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte.

O caso

O soldado da Polícia Militar de Alagoas, Jonhson Bulhões da Rosa Silva, de 27 anos, foi morto na noite da última sexta-feira (20), no centro de Porto de Galinhas.

O local, que é ponto turístico do município, estava com bastante movimento e o policial estava de folga, com a esposa, grávida de três meses, e um grupo de amigos, quando foi surpreendido por dois homens, que chegaram em uma moto. Um deles desceu e anunciou o assalto.

Jonhson Bulhoes foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipojuca e, em seguida, transferido para o Hospital da Restauração, no Recife, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Ele foi sepultado na cidade de Maceió.

>> Polícia trabalha com duas linhas de investigação em morte de PM: 'suicídio ou simulação'

>> Policial militar reage a tentativa de assalto e atira contra dois suspeitos no Recife

>> Major da PM e policial penal, indiciados por tiroteio em Boa Viagem, viram réus na Justiça

Movimento na cidade

Na rua onde o crime aconteceu, o fim de semana foi movimentado. Turistas e moradores circularam normalmente na cidade e o comércio estava com as lojas abertas. Ambulantes, mototaxistas e funcionários de um posto de combustíveis, que presenciaram o momento do crime, preferiram manter o silêncio e não comentaram sobre o caso.

Prisão

Na noite desse sábado (21), equipes do 18º Batalhão prenderam um dos envolvidos no crime. De acordo com a Polícia Militar, ele foi encontrado no município de São José da Coroa Grande, na casa da sogra, e levado para a Delegacia de Porto de Galinhas.

Em seguida, ele foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Recife. A moto que teria sido usada na investida foi apreendida e também levada para a Delegacia de Porto de Galinhas. A arma da vítima e a arma usada no crime não foram encontradas.

A polícia ainda investiga dois vídeos que circulam pela internet, nos quais dois homens, que seriam os suspeitos de cometer o crime, aparecem circulando de moto, próximo ao local do fato.

Por meio de nota, a polícia Militar de Alagoas lamentou o crime e disse que está empenhada de forma efetiva à ajudar a PM de Pernambuco a prender os envolvidos.

Notícias policiais da TV Jornal

Quer ficar acompanhando as notícias policiais da TV Jornal? Você pode ter acesso rápido a todas elas no nosso grupo, no Facebook. Acesse aqui o grupo Notícias Policiais TV Jornal, no Facebook.


Mais Lidas