Acidente entre ônibus e caminhão deixa dezenas de mortos no interior de São Paulo

O ônibus envolvido no acidente transportava 53 trabalhadores até uma fábrica têxtil localizada na região

COLISÃO
Acidente entre ônibus e caminhão deixa dezenas de mortos no interior de São Paulo

De acordo com a Polícia, este é o maior acidente registrado em São Paulo em 2020 - Foto: Reprodução/Facebook

Acidente envolvendo um caminhão e um ônibus deixou cerca de 41 mortos e dezenas de feridos entre as cidades de Taguaí e Taquarituba, na região de Avaré, no interior de São Paulo. Segundo informações apuradas pelo portal de notícias UOL, o Corpo de Bombeiros recebeu o primeiro chamado para atender a ocorrência às 6h45. De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu no km 172 da rodovia. 

Os 53 passageiros do ônibus, que estavam indo para o trabalho, eram funcionários de uma empresa têxtil chamada Stattus Jeans. Para a polícia, este é o maior acidente do ano com vítimas fatais. "É a maior ocorrência de acidente com vítimas fatais nas rodovias neste ano. Não há mais sobreviventes no local. Todos os sobreviventes foram socorridos", afirmou o tenente Alexandre Guedes durante entrevista à Globo News. Segundo ele, a primeira hipótese é de que uma ultrapassagem poderia ter causado o acidente, mas as investigações ainda estão em estágio inicial. 

Vítimas 

As vítimas foram levadas para os hospitais de Taguaí, Fartura, Taquarituba e Ourinhos, cidades próximas do local em que houve a colisão entre os veículos. O governo de São Paulo convocou cidadãos a doarem sangue no Hemocentro de Botucatu, para dar assistência às pessoas que foram hospitalizadas. Uma força-tarefa foi montada pelo governo estadual para a identificação e liberação dos corpos das vítimas fatais envolvidas no acidente.

Luto e solidariedade

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou solidariedade aos familiares das vítimas no acidente por meio de um perfil em uma rede social. A Prefeitura de Taguaí decretou luto oficial de três dias nas repartições públicas do município em razão do acidente e lamentou as mortes.

Ônibus era fretado por funcionários

O advogado da empresa Stattus Jeans Indústria e Comercio Ltda, Emerson Fernandes, disse ao UOL que o ônibus era contratado pelos próprios funcionários e não possuía ligação direta com a Stattus Jeans. Todos os cerca de 45 ocupantes eram da cidade de Itaí, informou o advogado.

Retirada dos corpos

As equipes do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal trabalharam no local durante toda a manhã no socorro das vítimas sobreviventes. No começo da tarde, o Corpo de Bombeiros informou que os corpos das vítimas já foram retirados do local em caminhões frigoríficos para serem encaminhados aos IMLs (Institutos Médico Legal). O tráfego de duas pistas foi bloqueado após o acidente. 

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.