Seis vítimas de grave acidente no interior de São Paulo permanecem internadas

Ao todo, o acidente ocasionado pela colisão entre um ônibus e um caminhão deixou 41 pessoas mortas

FATALIDADE
Seis vítimas de grave acidente no interior de São Paulo permanecem internadas

Ao todo, 41 pessoas morreram na colisão e 15 sobreviveram - Foto: Sem Crédito

Com informações da Agência Brasil

Seis vítimas do acidente ocorrido nas proximidades de Taguaí, interior de São Paulo, nesta quarta-feira (25), permanecem internadas em unidades de saúde da região. De acordo com o governo estadual, uma delas recebe cuidados no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu, outra no Pronto Socorro de Avaré, duas encontram-se na Santa Casa de Avaré e duas na Santa Casa de Itaí.

Ao todo, 41 pessoas morreram na colisão e 15 sobreviveram ao acidente, sendo que cinco já tiveram alta hospitalar. Quatro vítimas foram socorridas, mas acabaram morrendo a caminho do hospital, devido à gravidade dos ferimentos.

O acidente, na Rodovia Alfredo de Oliveira Carvalho (SP-249), entre os municípios de Taguaí e Taquarituba, resultou de um choque entre um ônibus que transportava funcionários de uma empresa têxtil da região e um caminhão. De acordo com informações do governo estadual, a maioria das vítimas fatais era natural de Itaí.

Luto e solidariedade

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), declarou solidariedade aos familiares das vítimas no acidente por meio de um perfil em uma rede social. A Prefeitura de Taguaí decretou luto oficial de três dias nas repartições públicas do município em razão do acidente e lamentou as mortes.

Ônibus era fretado por funcionários

O advogado da empresa Stattus Jeans Indústria e Comercio Ltda, Emerson Fernandes, disse ao UOL que o ônibus era contratado pelos próprios funcionários e não possuía ligação direta com a Stattus Jeans. Todos os cerca de 45 ocupantes eram da cidade de Itaí, informou o advogado.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.