Obras da BR-101 têm provocado engarrafamentos nas imediações da UFPE

Motoristas que passam pelo local reclamam da extensão do retorno que precisa ser realizado para desviar das obras da BR-101

TRANSTORNO
Obras da BR-101 têm provocado engarrafamentos nas imediações da UFPE

De acordo com o DER, as obras serão concluídas em 20 dias - Foto: Welligton Lima / JC Imagem

O motorista que passa no trecho da BR-101, que fica nas proximidades da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), na Zona Oeste do Recife, tem precisado de muita paciência. Cerca de 800 metros da rodovia, que vai do Hospital das Clínicas até a rotatória da Reitoria da UFPE, no sentido Paulista/Jaboatão, tem tirado o sossego de muita gente por conta dos engarrafamentos. O aposentado Paulo Roberto da Silva, é um deles. Ele reclama dos transtornos provocados no local.

“Essa obra deveria ser feita no horário da noite, por exemplo. Mas durante o dia, numa BR dessa que é saída do Recife, saída da capital, fica difícil. Já é ruim. E com obra, aqui, aí complica mais ainda”, disse.

Desvio

A previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), é de que as obras sejam concluídas em 20 dias. Até lá o órgão pede que os motoristas tenham cuidado ao circular pela marginal da BR-101. Devendo pegar o desvio a direita na Avenida Professor Artur de Sá, seguir pela Rua Acadêmico Hélio Ramos até a Rua Professor Luís Freire, onde retornam para a marginal da rodovia, fazendo o contorno em todo o campus da UFPE. Outro motorista destaca a importância da obra, mas não deixa de ressaltar a dificuldade que vem enfrentando.

“É uma obra importante. Mas de certa forma está atrapalhando. Você tem que dar um desvio, e isso complica até no próprio horário que a gente tem que fazer. É difícil. Fica muito difícil. Está bastante engarrafado”, reclamou.

As obras

O DER lembra que os dois primeiros trechos da via que passaram por obras, nas imediações do prédio da Sudene e do Hospital das Clínicas, já estão com os tráfegos liberados.

A intervenção na rodovia, considerada a maior obra de infraestrutura viária do estado, tem um custo total de R$192 milhões e vai abranger mais de 30 KM.

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.